Arsenal Legends venceu Real Madrid Legends nos pênaltis após empatar em 0 a 0 no tempo regulamentar

 

Neste sábado (08/09/2018), no Emirates Stadium, tivemos um jogo amistoso beneficente envolvendo Lendas do Arsenal e Lendas do Real Madrid. Os jogadores dos Gunners se deram melhor e venceram nos pênaltis por 5 a 3 após o jogo ter terminando 0 a 0 no tempo regulamentar. Arsenal Legends iniciou a partida com a seguinte formação: David Seaman; Pascal Cygan, Matthew Upson, Chris Whyte e Nigel Winterburn; Gilberto Silva, Ray Parlour, Robert Pirès e Tomas Rosicky; Luis Boa Morte e Davor Suker. A equipe foi comandada por David O’Leary. No segundo tempo, entraram em campo o goleiro Jens Lehmann, Stefan Schwarz, David Hillier, Gilles Grimandi, Anders Limpar e Jeremie Aliadiere. Real Madrid Legends inicou a partida com: Cesar Sanchez, Alvaro Arbeloa, Francisco Pavon, Fernando Sanz, Alberto Rivera, Ruben de La Red, Claude Makelele, Victor Sanchez, Jose Emilio Amavisca, Fernando Morientes e Raul Gonzalez. Entraram no segundo tempo: o goleiro Pablo Contreras, Ivan Campo, Julio Cesar Santos, Jesus Enrique Velasco, Julio Llorente e Alfonso Perez. Mike Dean foi o árbitro do jogo. Daniel Robathan e Darren Cann foram os assistentes. Peter Banks foi o quarto árbitro.

Tivemos um público de pouco mais de 43 mil torcedores. O jogo não teve gols, mas teve bons momentos. Tomas Rosicky teve boa oportunidade de gol aos 6 minutos do segundo tempo. Jeremie Aliadiere teve um grande chance de abrir o marcador aos 84 minutos. O jogo foi pros pênaltis. Robert Pirès abriu a contagem na cobrança de pênaltis. Jesus Enrique Velasco mandou a bola pro lado. Lehmann caiu no outro lado. Gilles Grimandi converteu o segundo pênalti. Alfonso Perez cobrou o segundo pênalti do Real Madrid e Jens Lehmann defendeu a penalidade máxima. Matthew Upson colocou o Arsenal Legends com dois gols de diferença. Emilio Brutagueno não despediçou e diminui a diferença nos pênaltis, mesmo chutando fraquinho no canto. Jeremie Aliadiere fez o quarto gol dos Gunners. Ivan Campo converteu a quarta cobrança do Real Madrid Legends. Jens Lehmann não deixou Tomas Rosicky cobrar a última penalidade máxima. O goleiro cobrou e marcou o gol da vitória nos pênaltis por 5 a 3. O goleiro Jens Lehmann foi o grande herói. Além de defender uma das cobranças, ele conveteu a última cobrança que deu a vitória aos Arsenal Legends.

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *