Sobre o Clube

CENTRO DE TREINAMENTO

TL1802 : London Colney: Arsenal FC training ground by Nigel Cox

London Colney: Arsenal FC training ground

  © Copyright Nigel Cox and
licensed for reuse under this Creative Commons Licence.

O Centro de Treinamento do Arsenal fica em Bell Lane, na Paróquia de London Colney, no Distrito de St Albans. Fica a uma distância de 45 minutos de carro até o Estádio Emirates. A equipe principal do Arsenal assim como os reservas e as divisões de base do clube treinam em London Colney. Os jogos do time Sub-18 e os amistosos da equipe de reservas são disputados no Centro de Treinamento. Em torno de 70 jogadores utilizam o CT em um dia comum. O CT do Arsenal é conhecido por ter um dos melhores gramados da Inglaterra. São dez campos com drenagem de subsolo e um sistema de sprinkler automático, dois deles com aquecimento subterrâneo. Três campos são exclusivos das divisões de base, outros três são destinados ao treinamento da equipe de reservas e outros três são exclusivos do time principal. O décimo campo, chamado de “George Armstrong” (ex-jogador do Arsenal), é destinado exclusivamente para os jogos amistosos da equipe de reservas e para os jogos do time Sub-18 na Premier Academy League.
Além dos campos, há seis vestiários, uma sauna, uma piscina, um ginásio, salas de treinamento, banheiras de hidromassagem e um restaurante. Há também um prédio onde são feitas as entrevistas com os jogadores individualmente e a entrevista coletiva com o técnico.

ESTÁDIOS

Plumstead Common
O primeiro campo do Royal Arsenal foi o “Plumstead Common”, na região sul de Londres. Era apenas um campo com traves colocadas pelo próprio time. O Royal Arsenal utilizou este campo entre 8 de janeiro de 1887 e 30 de junho de 1887. Plumstead Common ficava próximo à fábrica onde trabalhavam os fundadores e jogadores do Woolwich Arsenal.

Sportsman Ground
O Royal Arsenal alugou este campo que ficava em uma antiga fazenda de porcos em Plumstead. As condições do campo eram muito precárias. Ele só vivia enlameado.O número de torcedores aumentava e o campo não oferecia as mínimas condições para essas pessoas acompanharem os jogos. O Royal Arsenal jogou nesse campo de 30 de setembro de 1887 a 12 de fevereiro de 1888.

Invicta Ground
O Royal Arsenal alugou este estádio, utilizando-o entre 1º de setembro de 1890 e 31 de maio de 1893. Havia uma arquibancada de madeira e terraços em volta do campo com capacidade para 12 mil espectadores, além de vestiários para os times. O time do Royal Arsenal deixou de jogar neste campo porque o proprietário George Weaver (de olho gordo em razão da crescente presença de público nos jogos do Arsenal) resolveu aumentar o valor do aluguel. Em 1894, o campo foi fechado.

Manor Ground
Este estádio também se situava em Plumstead, vizinho ao “Sportsman Ground”. Entre 30 de março de 1888 a 3 de maio de 1890, o Royal Arsenal jogou nesse campo alugado que primeiramente foi chamado de “Manor Field”. O campo não tinha arquibancada. Como o público nos jogos do Royal Arsenal eram cada vez maiores, o Royal Arsenal mudou-se para o Estádio “Invicta Ground”, onde havia arquibancada.
Em 1893, Royal Arsenal tornou-se um clube profissional e mudou de nome para Woolwich Arsenal. O Estádio “Manor Ground” foi comprado pelo clube por 4 mil libras esterlinas e tornou-se a primeira “casa” do Arsenal. Neste mesmo ano, Woolwich Arsenal foi convidado para disputar a Liga de Futebol da Segunda Divisão, mandando seus jogos neste Estádio. Ele tinha capacidade para 33 mil espectadores e foi utilizado de 1º de agosto de 1893 a 27 de abril de 1913. Em 1895, o Estádio foi fechado por cinco semanas. Neste período, foram utilizados os seguintes estádios: “Priestfield Stadium” (22 a 24/02) e “Lyttleton Ground” (8 a 10/3).

Arsenal Stadium (Highbury)
Não era fácil chegar ao Estádio do Arsenal “Manor Ground”, pois ficava no subúrbio ao sul de Londres e isto prejudicava o desenvolvimento do clube. Por esta razão, Sir Henry Norris, que comprou o clube em 1910, escolheu o Distrito de Highbury para construir o novo Estádio do Arsenal. Em 1913, Arsenal FC (a mudança de nome ocorreu em 1914) mudou-se para o “Arsenal Stadium”, também conhecido como “Highbury”, em alusão ao nome do Distrito onde foi construído o Estádio, ao norte de Londres. O estádio foi inaugurado em 6 de setembro de 1913 com capacidade para 38.419 espectadores sentados. Arsenal utilizou este Estádio de 05/09/1913 a 31/07/2006. A primeira partida no Estádio foi Arsenal 2×1 Leicester, válido pela Segunda Divisão inglesa, em 06/09/1913. Benfield, do Leicester, marcou o primeiro gol no Estádio. O estádio sofreu duas reformas. A primeira foi concluída em 1936. A segunda foi concluída em 1993. O estádio foi fechado em 2006. A última partida foi Arsenal 4×2 Wigan no dia 7 de maio de 2006. Henry marcou o último gol do Arsenal neste estádio. Ele foi demolido e no seu lugar foi construído um conjunto de 711 apartamentos chamado de Highbury Square. Foram ao todo 2010 partidas disputadas no Highbury, com um aproveitamento de 60%.

Emirates Stadium
O atual casa do Arsenal é o que há de mais moderno em termos de Estádio de futebol no mundo. A seleção brasileira costuma realizar amistosos neste belíssimo Estádio. Ele foi inaugurado em 22 de julho de 2006 com capacidade para 60.355 espectadores, quase o dobro da capacidade do seu antigo Estádio (“Highbury”). O nome original do Estádio é “Ashburton Grove”. Em 2004, a Empresa Aérea “Emirates Airline” assinou um contrato de quinze anos com o clube no valor de cem milhões de libras para ter direitos sobre o nome do Estádio e para estampar seu logo na camisa do Arsenal por sete anos. Em razão desse contrato, o Estádio passou a ser chamado de “Emirates Stadium”.

DIRETORIA

A atual diretoria do Arsenal Football Club é formada por Sir John Chippendale “Chips” Lindley Keswick (Presidente), Ivan Gazidis (Executivo-chefe), Kenneth John Friar OBE¹ (Diretor), Daniel David Fiszman (Diretor), Philip Charles Harris, Lorde Harris de Peckham (Diretor) e Stanley Kroenke (Diretor). Veja abaixo a lista de alguns dos Presidentes do Arsenal Football Club no decorrer de sua história:

ANO PRESIDENTE
1893 John Wilkinson “Jack” Humble
1894 John Wilkinson “Jack” Humble
1895 John Wilkinson “Jack” Humble
1896 John Wilkinson “Jack” Humble
1897 John Wilkinson “Jack” Humble
1898 John Wilkinson “Jack” Humble
1899 John Wilkinson “Jack” Humble
1900 John Wilkinson “Jack” Humble
1901 John Wilkinson “Jack” Humble
1902 John Wilkinson “Jack” Humble
1903 John Wilkinson “Jack” Humble
1904 John Wilkinson “Jack” Humble
1905 John Wilkinson “Jack” Humble
1906 John Wilkinson “Jack” Humble
1907 John Wilkinson “Jack” Humble
1908 John Wilkinson “Jack” Humble
1909 John Wilkinson “Jack” Humble
1910 George Hiram Leavey
1911 George Hiram Leavey
1912 George Hiram Leavey (até abril) e Sir Henry George Norris
1913 Sir Henry George Norris
1914 Sir Henry George Norris
1915 Sir Henry George Norris
1916 Sir Henry George Norris
1917 Sir Henry George Norris
1918 Sir Henry George Norris
1919 Sir Henry George Norris
1920 Sir Henry George Norris
1921 Sir Henry George Norris
1922 Sir Henry George Norris
1923 Sir Henry George Norris
1924 Sir Henry George Norris
1925 Sir Henry George Norris
1926 Sir Henry George Norris
1927 Sir Henry George Norris
1928 Sir Henry George Norris
1929 Sir Henry George Norris (até fevereiro)
Sir Samuel Hill-Wood
1930 Sir Samuel Hill-Wood
1931 Sir Samuel Hill-Wood
1932 Sir Samuel Hill-Wood
1933 Sir Samuel Hill-Wood
1934 Sir Samuel Hill-Wood
1935 Sir Samuel Hill-Wood
1936 Sir Samuel Hill-Wood, Conde de Lonsdale Hugh Cecil Lowther
Lorde de Granard Bernard Arthur William Patrick Hastings Forbes
1937 Lorde de Granard Bernard Arthur William Patrick Hastings Forbes
1938 Lorde de Granard Bernard Arthur William Patrick Hastings Forbes
1939 Lorde de Granard Bernard Arthur William Patrick Hastings Forbes
Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
1940 Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
1941 Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
1942 Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
1943 Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
1944 Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
1945 Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
1946 Marquês de Londonderry Edward Charles Stewart Robert Vane-Tempest-Stewart
Sir Samuel Hill-Wood
1947 Sir Samuel Hill-Wood
1948 Sir Samuel Hill-Wood
1949 Sir Samuel Hill-Wood
Sir Bracewell Smith
1950 Sir Bracewell Smith
1951 Sir Bracewell Smith
1952 Sir Bracewell Smith
1953 Sir Bracewell Smith
1954 Sir Bracewell Smith
1955 Sir Bracewell Smith
1956 Sir Bracewell Smith
1957 Sir Bracewell Smith
1958 Sir Bracewell Smith
1959 Sir Bracewell Smith
1960 Sir Bracewell Smith
1961 Sir Bracewell Smith
1962 Sir Bracewell Smith
Denis John Charles Hill-Wood
1963 Denis John Charles Hill-Wood
1964 Denis John Charles Hill-Wood
1965 Denis John Charles Hill-Wood
1966 Denis John Charles Hill-Wood
1967 Denis John Charles Hill-Wood
1968 Denis John Charles Hill-Wood
1969 Denis John Charles Hill-Wood
1970 Denis John Charles Hill-Wood
1971 Denis John Charles Hill-Wood
1972 Denis John Charles Hill-Wood
1973 Denis John Charles Hill-Wood
1974 Denis John Charles Hill-Wood
1975 Denis John Charles Hill-Wood
1976 Denis John Charles Hill-Wood
1977 Denis John Charles Hill-Wood
1978 Denis John Charles Hill-Wood
1979 Denis John Charles Hill-Wood
1980 Denis John Charles Hill-Wood
1981 Denis John Charles Hill-Wood
1982 Denis John Charles Hill-Wood (faleceu em maio)
Peter Denis Hill-Wood
1983 Peter Denis Hill-Wood
1984 Peter Denis Hill-Wood
1985 Peter Denis Hill-Wood
1986 Peter Denis Hill-Wood
1987 Peter Denis Hill-Wood
1988 Peter Denis Hill-Wood
1989 Peter Denis Hill-Wood
1990 Peter Denis Hill-Wood
1991 Peter Denis Hill-Wood
1992 Peter Denis Hill-Wood
1993 Peter Denis Hill-Wood
1994 Peter Denis Hill-Wood
1995 Peter Denis Hill-Wood
1996 Peter Denis Hill-Wood
1997 Peter Denis Hill-Wood
1998 Peter Denis Hill-Wood
1999 Peter Denis Hill-Wood
2000 Peter Denis Hill-Wood
2001 Peter Denis Hill-Wood
2002 Peter Denis Hill-Wood
2003 Peter Denis Hill-Wood
2005 Peter Denis Hill-Wood
2006 Peter Denis Hill-Wood
2007 Peter Denis Hill-Wood
2008 Peter Denis Hill-Wood
2009 Peter Denis Hill-Wood
2010 Peter Denis Hill-Wood
2011 Peter Denis Hill-Wood
2012 Peter Denis Hill-Wood
2013 Peter Denis Hill-Wood (deixou o cargo em junho por problemas de saúde)
Sir John Chippendale “Chips” Lindley Keswick

¹Ordem do Império Britânico

ESCUDO
O primeiro escudo do Arsenal foi adotado em 1888. Ele era baseado no Brasão de Armas do Município de Woolwich. O segundo escudo foi adotado em 1922 e tinha o desenho de um canhão e escrito “The Gunners” ao lado. O terceiro escudo foi adotado em 1926 e era muito parecido com o segundo. Esse canhão utilizado no terceiro escudo era baseado no que havia no escudo do “Royal Arsenal Gatehouse”, em Woolwich. O quarto escudo tinha em baixo o lema latino: “Victoria Concordia Crescit”, que significa “a vitória vem da harmonia”. Ele foi adotado em 1949 e sofreu algumas modificações, culminando com um escudo mais limpo. Em 2002, foi adotado o escudo que permanece até hoje.
Nos primeiros oitenta anos de existência, o Arsenal não usou o escudo na sua camisa, exceto em jogos especiais como as finais da Copa da Inglaterra.

UNIFORMES
O primeiro uniforme do Arsenal é a camisa vermelha com mangas brancas, calção e meias brancas. O segundo uniforme tem camisa metade azul marinho e outra metade azul turquesa, calção e meias azuis marinho. O terceiro uniforme do Arsenal é a camisa amarela, calção marrom e meias amarelas. O Arsenal teve vários uniformes ao longo de sua gloriosa história. Em breve postarei a história desses uniformes.

APELIDOS E MASCOTE
Os apelidos do Arsenal são: “Reds”, “The Gunners”, “Gooner”, “Boring Arsenal” e “The Invincibles”. “Reds” (Vermelhos, em português) foi o apelido do Arsenal nos seus primórdios quando usava uma camisa vermelha e haviam poucos clubes com essa cor. O principal apelido e mais adotado por torcedores e jornalistas é o “The Gunners” (Os Artilheiros, em português) em alusão ao canhão que se tornou símbolo do clube e que consta do seu escudo. Além disso, este apelido tem origem na fundação do clube por trabalhadores da fábrica de munições do Arsenal Real em Woolwich, no sul de Londres. Os torcedores do Arsenal são chamados de “Gooners”, que representa a pronúncia de gunners pelos torcedores. O clube também é apelidado de “Boring Arsenal” (Arsenal Tedioso, em português) por praticar, em alguns momentos de sua história, um futebol mais pragmático e considerado chato e tedioso. Em razão da campanha invicta do Arsenal na temporada 2003-2004, o clube ficou conhecido como “The Invencibles” (Os Invencíveis, em português).

PATROCINADORES
O principal patrocinador do Arsenal é a Fly Emirates, principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos que opera vôos internacionais. Ela é uma das dez maiores empresas aéreas do mundo. A Fly Emirates tem um contrato de quinze anos (desde 2007) para ter seu nome no Estádio do Arsenal e seu logo nas camisas do clube.
Nike é o fornecedor do material esportivo do Arsenal desde a temporada de 2004-2005, apresentando designs cada vez mais bonitos e estilosos.
Em 12/8/2011, foi anunciado o contrato de patrocínio com Carlsberg como Parceiro Oficial de Cerveja até 2014.
Em 18/8/2011, foi anunciada renovação do contrato de patrocínio com a Citroën como Parceiro Oficial Automotivo até 2014.
Em 19/8/2011, foi anunciado o contrato de patrocínio com Betsson como Parceiro Oficial de Jogo de Apostas até 2014.
Outros patrocinadores são EA Sports, Indesit, Lucozade, Thomas Cook Sport e O².