Tag: Europa League

Relatório do Jogo: UEFA Europa League > Arsenal 3×0 Rennes

 

Na quinta-feira (14/03/2019), Arsenal venceu Rennes por 3 a 0, pelo jogo de volta das Oitavas de Final da UEFA Europa League. O jogo foi disputado no Emirates Stadium, em Londres. Arsenal precisava da vitória por diferença de 2 gols, sem levar nenhum, pra poder avançar pras Quartas de Final. No agregado, os Gunners venceram o confronto por 4 a 3, pois o jogo de ida foi uma vitória do Rennes por 3 a 1. Tivemos algumas mudanças na equipe. Petr Cech foi o goleiro titular, como tem sido nos jogos da UEFA Europa League. Sokratis Papastathopoulos (suspenso) foi substituído por Shkodran Mustafi. O restante do time não foi modificado. Unai Emery utilizou o mesma esquema tático que foi usado na vitória em cima do Manchester United (3-4-1-2) com Alexandre Lacazette e Pierre-Emericky Aubameyang no ataque.

 

o jogo

Aos quatro minutos do primeiro tempo, Aaron Ramsey deu um lindo lançamento de quase 40 metros de distância em direção à grande área. Alexandre Lacazette tentou tirar do goleiro, mas Tomas Koubek saiu bem do gol e conseguiu afastar a bola. Um minuto depois, Ainsley Maitland-Niles trabalhou bem a bola na direita e tocou pra Aaron Ramsey dentro da área. Ele se virou e tocou na pequena área pra Pierre-Emerick Aubameyang escorar de pé esquerdo, abrindo o marcador no Emirates Stadium. Aos 15 minutos, a jogada começou na esquerda com Pierre-Emerick Aubameyang dando uma de ponta e tabelando com Aaron Ramsey e cruzando da linha de fundo, em cima da linha, pra Ainsley Maitland-Niles na pequena área, cabecear a bola pro fundo da rede e ampliar o placar pra 2 a 0. Quando Ramsey deu o passe, Sead Kolasinac e Pierre-Emericy Aubameyang estavam em posição de impedimento, mas a arbitragem não marcou. Aos 34 minutos da primeira etapa, após cruzamento de Mesut Özil, Aubameyang quase fez o terceiro gol de meia bicicleta. Cinco minutos depois, Özil tocou na grande área pra Lacazette, que fez o pivô e ajeito pra Ramsey bater na bola e o goleiro Koubek fazer a defesa.

Logo no início do segundo tempo, Rennes conseguiu roubar a bola no campo de ataque e Clemet Grenier chutou de forte de fora da área. A bola bateu na trave. O time francês do Stade Rennais continuou atacando em busca de um gol que poderia significar a classificação da equipe, mas a defesa dos Gunners estava muito bem no jogo, desarmando nos momentos cruciais. Aos 26 minutos da segunda etapa, Granit Xhaka cruzou a bola na entrada da área. Alex Iwobi dominou e ajeitou pra bater de pé esquerdo. A bola passou perto do gol! No minuto seguinte, após uma jogada toda construída pelo armênio Mkhitaryan, Kolasinac cruzou da esquerda e Aubameyang escorou de pé direito, dentro da pequena área, com o gol vazio, fazendo seu segundo gol no jogo. O gol que sacramento a classificação dos Gunners. Pra coroar, Aubameyang celebrou o gol com a máscara do Pantera Negra (haha) e levou cartão amarelo. Aubameyang poderia ter feito o hat-trick aos 37 minutos da etapa final. Ele desviou a bola do goleiro, mas ela foi caprichosamente pra fora. Segundos depois, Aubameyang perdeu um gol incrível! Houve 5 minutos de acréscimos, mas os Gunners administraram bem a vantagem e revertaram o resultado do confronto no agregado, garantindo a vaga nas Quartas de Final da Europa League.

 

arbitragem

Árbitro: Andris Treimanis (Letônia)
Assistentes: Haralds Gudermanis (Letônia) e Aleksejs Spasjonnikovs (Letônia)
Assistentes Adicionais: Aleksandrs Golubevs (Letônia) e Edgars Malcevs (Letônia)
4º Árbitro: Raimonds Tatriks (Letônia)
Delegado da UEFA: Pavel Kolev (Bulgária)
Observador da UEFA: Costas Kapitanis (Chipre)

 

Estatísticas

Posse de Bola: 54,6% – 45,4%
Finalizações: 12 – 11
Finalizações no Alvo: 4 – 2
Finalizações para Fora: 7 – 2
Finalizações Bloqueadas: 1 – 7
Toques na Bola: 639 – 574
Passes: 449 – 363
Passes Completos: 337 – 259
Passes Chaves: 12 – 5
Lançamentos: 0 – 1
Passes Longos: 63 – 71
Passes Curtos: 391 – 304
Eficiência nos Passes:75% – 71%
Duelos Aéreos Vencidos: 15 – 18
Eficiência nos Duelos Aéreos: 45% – 55%
Cruzamentos: 9 – 18
Desarmes: 28 – 18
Desarmes Corretos: 19 – 12
Bloqueios: 5 – 1
Eficiência nos Desarmes: 68% – 67%
Dribles Tentados: 14 – 15
Dribles Corretos: 6 – 9
Eficiência nos Dribles: 43% – 60%
Bolas Afastadas: 21 – 15
Interceptações: 14 – 15
Bolas Recuperadas: 32 – 32
Escanteios: 1 – 6
Impedimentos: 2 – 10
Cartões Amarelos: 4 – 4
Cartões Vermelhos: 0 – 0
Faltas Cometidas: 14 – 15

 

próximo jogo

Vamos ter um longo período sem jogo dos Gunners. Somente na segunda-feira, 1/4/2019, às 16 horas (Hora de Brasília), Arsenal enfrentará Newcastle United no Emirates Stadium, pela reta final da Premier League.

 

Relatório do Jogo

x

Detalhes

Data Tempo Liga Temporada Público
14 de março de 2019 17:00 Europa League - Oitavas de Final 2018-19 59453

Ground

Emirates Stadium
Emirates Stadium, London, Reino Unido

Resultados

Club1st Half2nd HalfGoals
Arsenal213
Rennes000

Arsenal

1Petr Cech Goleiro
20Shkodran Mustafi Zagueiro
6Laurent Koscielny Zagueiro
18Nacho Monreal Zagueiro
15Ainsley Maitland-Niles Meio-campista 15'
8Aaron Ramsey 11 Meio-campista 5'
34Granit Xhaka Meio-campista
31Sead Kolasinac Meio-campista 72'
90+3'
10Mesut Ozil 7 Meio-campista
9Alexandre Lacazette 17 Atacante 31'
14Pierre-Emerick Aubameyang Atacante 5', 72'
15'
73'
7Henrikh Mkhitaryan 10 Meio-campista 77'
11Lucas Torreira 8 Meio-campista
17Alex Iwobi 9 Atacante
19Bernd Leno Goleiro
22Denis Suárez Meio-campista
29Mattéo Guendouzi Meio-campista
49Edward Nketiah Atacante

Técnico: Unai Emery

Rennes

40Tomas Koubek Goleiro
27Hamari Traoré Lateral 90+4'
3Damien Da Silva Zagueiro
4Mexer Zagueiro 18'
15Rami Bensebaini Lateral
7Ismaila Saar Meio-campista
8Clement Grenier 23 Meio-campista 55'
14Benjamin Bourigeaud Meio-campista 81'
21Benjamin André 12 Meio-campista
18Hatem Ben Arfa Meio-campista
11Mbaye Niang Atacante
12James Lea Siliki 21 Meio-campista
23Adrien Hunou 8 Meio-campista
1Loic Badiashile Goleiro
2Mehdi Zeffane Lateral
5Souleyman Doumbia Zagueiro
22Romain Del Castillo Atacante
26Jeremy Gelin Zagueiro

Técnico: Julien Stéphan

Oficiais

ÁrbitroAssistente4º Árbitro
Andris Treimanis (Letônia)Aleksandrs Golubevs (Letônia)
Aleksejs Spasjonnikovs (Letônia)
Edgars Malcevs (Letônia)
Haralds Gudermanis (Letônia)
Raimonds Tatriks (Letônia)

 

 

Pré-Jogo: 14/03/2019 > UEFA Europa League > Arsenal x Rennes

Nesta quinta-feira (14/03/2019), às 17h00 (Hora de Brasília), Arsenal enfrentará a equipe francesa de Rennes, no Emirates Stadium, pelo jogo de volta das Oitavas de Final da UEFA Europa League. No jogo de ida, em Rennes, os Gunners perderam por 3 a 1 e agora precisa de uma vitória por 2 a 0 ou por 3 ou mais gols de diferença, caso Stade Rennais FC marque pelo menos um gol. Se o resultado desse jogo terminar 3 a 1 pro Arsenal, haverá prorrogação e, caso persista o empate, disputa de pênaltis. Arsenal vai jogar com o uniforme nº 1 (camisa vermelha) e o Rennes com o uniforme nº 1 (camisa preta).

Este será o 26º jogo do Arsenal contra uma equipe francesa por uma competição européia e será a 13º em casa. Seu retrospecto não é bom como mandante. Foram apenas 5 vitórias, 4 empates e 3 derrotas. No total, foram 25 jogos contra equipes francesas, 13 vitórias, 8 empates, 4 derrotas, 34 gols marcados e 22 gols sofridos. O último adversário francês que os Gunners receberam no Emirates Stadium foi o Paris Saint-Germain (ex-time) do técnico Unai Emery, e o jogo terminou empatado em 2 a 2, pela Fase de Grupos da Champions League de 2016/17.

Arsenal venceu 4 dos 5 confrontos mata-mata que enfrentou equipes francesas. Enfrentou Lens pela Semifinal da UEFA Cup e venceu por 3 a 1 no agregado (2 vitórias). Enfrentou Nantes pela 3ª Fase da UEFA Cup e venceu por 6 a 3 no agregado (1 vitória e 1 empate). Também encarou Lyon pela Champions League (1 vitória e 1 empate). Na extinta UEFA Cup Winners’ Cup, em 1995, venceu AJ Auxerre por 2 a 1 no agregado (1 vitória e 1 empate) nas Quartas de Final. Na mesma competição, um ano antes, enfrentou  Paris Saint-Germain na Semifinal e venceu por 2 a 1 no agregado (1 vitória e 1 empate). Sua única derrota no mata-mata, foi pro AS Monaco, nas Oitavas de Final da UEFA Champions League. Empatamos em 3 a 3 no agregado (1 vitória e 1 derrota), mas fomos eliminados porque Monaco fez 3 gols em Londres e Arsenal fez 2 gols na França.

Além do Arsenal, Stade Rennais FC enfrentou uma outra equipe inglesa pela UEFA Intertoto Cup em 2001. Venceu Aston Villa em casa por 2 a 1. E perdeu em Birmingham por 1 a 0, sendo eliminado na Semifinal da competição européia. Atualmente, Arsenal ocupa a 4ª colocação com 60 pontos ganhos (18 vitórias, 6 empates e 6 derrotas) na Premier League. É a 16ª vez que os Gunners alcançam as Oitavas de Final de uma competição européia. Foram 14 vezes pela Champions League e 1 vez pela Europa League. Rennes foi campeão da Coupe de France duas vezes (1964/65 e 1970/71). Foi campeão da Trophée des Champions em 1971. Foi campeão da Ligue 2 em 1955/56 e 1982/83. E conquistou seu único título europeu, a UEFA Intertoto Cup em 2008. Arsenal tem 13 títulos nacionais, 13 Copas da Inglaterra, 15 Supercopas da Inglaterra, 2 Copas da Liga, 1 UEFA Cup Winners’ Cup e 1 Inter-Cities Fairs Cup.

Rennes entrou direto pela primeira vez na Fase de Grupos de uma competição européia nesta temporada ao terminar na 5ª colocação na Ligue 1, na temporada passada. Stade Rennais FC disputou a Europa League em 2011/12, quando disputou das fases eliminatórias e classificou-se pra Fase de Grupos, onde empatou 3 e perdeu 3 jogos. Participou ainda duas vezes da Fase de Grupos da UEFA Cup em 2005/06 e 2007/08. Nesta temporada da UEFA Europa League, Stade Rennais FC entrou no Grupo K ao lado de Dynamo Kiev (Ucrânia), Astana (Cazaquistão) e Jablonec (República Checa).  Rennes terminou em segundo lugar com 9 pontos ganhos (3 vitórias, 3 derrotas, 7 gols marcados e 8 gols sofridos). Dynamo Kiev e Rennes se classificaram para fase Dezesseis Avos de Final, quando enfrentou Real Betis (Espanha) e venceu por 6 a 4 no agregado (um empate e uma vitória).

Arsenal terminou em 6º lugar na última temporada, sua pior colocação sob o comando de Arsène Wenger. Dessa forma, os Gunners estão participando pela segunda vez consecutiva da UEFA Europa League. Arsenal participou por 19 temporadas consecutivas da UEFA Champions League (a última vez na temporada de 2016/17). Na temporada de 2017/18, chegou à Semifinal da UEFA Europa League, sendo eliminado pelo Atlético Madrid. Nesta temporada, estrearam com uma vitória em casa por 4 a 2 contra o Vorskla Poltava. Depois venceram mais 4 jogos e empataram 1 jogo, sem sofrer gols. Seu único empate foi com Sporting Clube de Portugal em 0 a 0. Venceram os dois jogos contra o Qarabag (3 a 0 e 1 a 0), o jogo fora de casa contra o Sporting Club de Portugal (3 a 1) e outro fora de casa contra o Vorskla Poltava (3 a 0). Dessa forma, Arsenal terminou sua campanha invicta em 1º lugar no Grupo E com 16 pontos ganhos (5 vitórias, 1 empate, 12 gols marcados e apenas 1 gol sofrido). Arsenal e Sporting Clube de Portugal classificaram-se pra Fase Dezesseis Avos de Final da Europa League, quando os Gunners eliminaram o BATE Borisov por 3 a 1 no agregado, perdendo o jogo de ida por 1 a 0.

Fase de Grupos – Grupo E

Europa League 2018/19 - Grupo E

PosClubPtsPWDLFAGDForma
116651012210
W W D W W
21053111037
W W L D W
335104410-6
L L W L L
436105213-11
L L W L L

 

Na TV

 

O jogo será transmitido pelo canal Fox Sports.

 

Arbitragem

Árbitro: Andris Treimanis (Letônia) (33 anos de idade, árbitro desde 1998 (desde 2005 apita jogos da 1ª Divisão da Letônia), FIFA desde 2011, 16 jogos da Europa League, 55 jogos apitados de competições européias. Apitou no Campeonato Europeu Sub-19 de 2015.Nesta temporada da Europa League: 4 jogos, 3 vitórias do mandante, 1 empate, 16 cartões amarelos e 2 cartões vermelhos)
Assistentes: Haralds Gudermanis (Letônia) e Aleksejs Spasjonnikovs (Letônia)
Assistentes Adicionais: Aleksandrs Golubevs (Letônia) e Edgars Malcevs (Letônia)
4º Árbitro: Raimonds Tatriks (Letônia)
Delegado da UEFA: Pavel Kolev (Bulgária)
Observador da UEFA: Costas Kapitanis (Chipre)

 

Time do rennes

Rennes tem mais de 215 mil habitantes e fica a uma distância aproximada de 400 km de Londres. Stade Rennais FC foi fundado no dia 10 de março de 1901. Roazhon Park foi inaugurado no dia 15 de setembro de 1912, mas sofreu várias reformas. A última aconteceu em 2004. O estádio tem capacidade para 29.778 espectadores. Stade Rennais FC é dirigido por Julien Stéphan, de 38 anos de idade. Ele dirigiu a equipe B de Rennes entre 2015 e 2018 e no final do ano passado assumiu o comando do Stade Rennais FC quando Sabri Lamouchi foi demitido. É a primeira vez que Julien Stéphan dirige a equipe na UEFA Europa League. Rennes é uma equipe jovem e talentosa, como jogadores como Ismaila Sarr e Hatem Ben Arfa. Stade Rennais FC tem jogado bem e todo cuidado é pouco pra não sermos surpreendidos. Rennes avançou a Semifinal da Coupe de France, derrotando Orléans no dia 27/2/2019. Vai enfrentar o Lyon na Semifinal no dia 2/4/2019.

A equipe francesa ocupa a 8ª colocação atualmente na Ligue 1 com 40 pontos (11 vitórias, 7 empates, 9 derrotas, 38 gols marcados e 35 gols sofridos). Stade Rennais FC vem de 3 vitórias consecutivas (Copa, UEL e Liga). Rennes só perdeu um dos últimos seis confrontos de mata-mata pela UEFA Europa League (5 vitórias e 1 derrota). O atacante senegalês Ismaila Sarr é o artilheiro da equipe e líder em assistências. Ele esteve envolvido em 6 gols marcados pelo Rennes na Europa League (4 gols e 2 assistências). Hamari Traore volta à equipe após cumprir suspensão. O atacante Theoson Siebatcheu (coxa), o defensor Romain Danzé (joelho), o goleiro Abdoulaye Diallo (coxa) e o defensor Ludovic Baal (hamstring) estão contundidos. Time provável:Tomás Koubek; Hamari Traore, Damien da Silva, Mexer e Ramy Bensebaini; , Benjamin André, Clément Grenier; Ismaila Saar, Hatem Ben Arfa e Benjamin Bourigeaud;  e M’Baye Niang.

 

Time do Arsenal

Unai Emery tem 47 anos e foi contratado pelo Arsenal em maio de 2018. Antes, ele dirigiu o Paris Saint-Germain por 2 anos (conquistando 7 títulos domésticos). Ele tem um excelente histórico na UEFA Champions League. Ele conquistou 3 títulos da Europa League pelo Sevilla (2013 a 2016) e é o treinador com mais jogos como técnico na Europa League (76), totalizando 126 jogos por competições européias. O goleiro Petr Cech jogou pelo Rennes entre 2002 e 2004. Arsenal só conseguiu avançar em três confrontos europeus de mata-mata após perder o jogo de ida (em 1978/79 contra o Hadjuk Split, em 2009/10 contra o Porto e contra o Bate Borisov na fase anterior). Desde a criação da UEFA Europa League, somente Fulham conseguiu avançar a próxima fase após perder por 3 a 1, no jogo de ida, do mata-mata. Fulham eliminou a Juventus em 2010. Excluindo os gols contra, Arsenal é a equipe que tem o maior número artilheiros na Europa League  nesta temporada (11 jogadores diferentes). Quatro jogadores marcaram 2 gols: Aubameyang, Sokratis, Welbeck e Smith Rowe. Alexandre Lacazette volta à time titular após cumprir dois jogos de suspensão. Sokratis Papatathopoulos está suspenso. Rob Holding, Danny Welbeck e Hector Bellerin estão há bastante tempo no Departamento Médico.

Time provável: 

 

 

Pré-Jogo: 07/03/2019 > UEFA Europa League > Rennes x Arsenal

 

Nesta quinta-feira (07/03/2019), às 14h55 (Hora de Brasília), Arsenal enfrentará a equipe francesa de Rennes, no Estádio Roazhon Park, pelo jogo de ida das Oitavas de Final da UEFA Europa League. Arsenal vai jogar com o uniforme nº 2 (camisa verde) e o Rennes com o uniforme nº 1 (camisa vermelha). Stade Rennais FC será o 9ª equipe francesa que os Gunners enfrentarão em uma competição européia. Arsenal enfrentou o Paris Saint-Germain 4 vezes pela Champions League (1 vitória e 4 empates). Enfrentou Auxerre pela Champions League e Cup Winners’ Cup (2 vitórias, 1 empate e 1 derrota). Também jogou contra Lens pela Champions League e UEFA Cup (2 vitórias, 1 empate e 1 derrota). Enfrentou Nantes pela UEFA Cup (1 vitória e 1 empate). Também encarou Lyon pela Champions League (1 vitória e 1 empate). Também pela Champions League, jogou contra Olympique Marseille 4 vezes (3 vitórias e 1 empate). Venceu Montpellier duas vezes pela Champions League. Ainda pela Champions League, perdeu um jogo e venceu outro contra Monaco. No total, 24 jogos, 13 vitórias, 8 empates, 3 derrotas, 33 gols marcados e 19 gols contra. Nunca perdemos um jogo fora de casa contra uma equipe francesa: 8 vitória e 4 empates.

Stade Rennais FC enfrentou somente uma equipe inglesa pela UEFA Intertoto Cup em 2001. Venceu Aston Villa em casa por 2 a 1. E perdeu em Birmingham por 1 a 0, sendo eliminado na Semifinal da competição européia. Atualmente, Arsenal ocupa a 5ª colocação com 57 pontos ganhos (15 vitórias, 5 empates e 6 derrotas) na Premier League. É a 16ª vez que os Gunners alcançam as Oitavas de Final de uma competição européia. Foram 14 vezes pela Champions League e 1 vez pela Europa League. Rennes foi campeão da Coupe de France duas vezes (1964/65 e 1970/71). Foi campeão da Trophée des Champions em 1971. Foi campeão da Ligue 2 em 1955/56 e 1982/83. E conquistou seu único título europeu, a UEFA Intertoto Cup em 2008. Arsenal tem 13 títulos nacionais, 13 Copas da Inglaterra, 15 Supercopas da Inglaterra, 2 Copas da Liga, 1 UEFA Cup Winners’ Cup e 1 Inter-Cities Fairs Cup.

Rennes entrou direto pela primeira vez na Fase de Grupos de uma competição européia nesta temporada ao terminar na 5ª colocação na Ligue 1, na temporada passada. Stade Rennais FC disputou a Europa League em 2011/12, quando disputou das fases eliminatórias e classificou-se pra Fase de Grupos, onde empatou 3 e perdeu 3 jogos. Participou ainda duas vezes da Fase de Grupos da UEFA Cup em 2005/06 e 2007/08. Nesta temporada da UEFA Europa League, Stade Rennais FC entrou no Grupo K ao lado de Dynamo Kiev (Ucrânia), Astana (Cazaquistão) e Jablonec (República Checa).  Rennes terminou em segundo lugar com 9 pontos ganhos (3 vitórias, 3 derrotas, 7 gols marcados e 8 gols sofridos). Dynamo Kiev e Rennes se classificaram para fase Dezesseis Avos de Final, quando enfrentou Real Betis (Espanha) e venceu por 6 a 4 no agregado (um empate e uma vitória).

Arsenal terminou em 6º lugar na última temporada, sua pior colocação sob o comando de Arsène Wenger. Dessa forma, os Gunners estão participando pela segunda vez consecutiva da UEFA Europa League. Arsenal participou por 19 temporadas consecutivas da UEFA Champions League (a última vez na temporada de 2016/17). Na temporada de 2017/18, chegou à Semifinal da UEFA Europa League, sendo eliminado pelo Atlético Madrid. Nesta temporada, estrearam com uma vitória em casa por 4 a 2 contra o Vorskla Poltava. Depois venceram mais 4 jogos e empataram 1 jogo, sem sofrer gols. Seu único empate foi com Sporting Clube de Portugal em 0 a 0. Venceram os dois jogos contra o Qarabag (3 a 0 e 1 a 0), o jogo fora de casa contra o Sporting Club de Portugal (3 a 1) e outro fora de casa contra o Vorskla Poltava (3 a 0). Dessa forma, Arsenal terminou sua campanha invicta em 1º lugar no Grupo E com 16 pontos ganhos (5 vitórias, 1 empate, 12 gols marcados e apenas 1 gol sofrido). Arsenal e Sporting Clube de Portugal classificaram-se pra Fase Dezesseis Avos de Final da Europa League, quando os Gunners eliminaram o BATE Borisov por 3 a 1 no agregado, perdendo o jogo de ida por 1 a 0.

Fase de Grupos – Grupo E

Europa League 2018/19 - Grupo E

PosClubPtsPWDLFAGDForma
116651012210
W W D W W
21053111037
W W L D W
335104410-6
L L W L L
436105213-11
L L W L L

 

Na TV

 

O jogo será transmitido pelo canal Fox Sports.

 

Arbitragem

Árbitro: Ivan Kružliak (Eslováquia) (32 anos de idade, árbitro desde 1991, FIFA desde 2015, 12 jogos da Europa League, 32 jogos apitados de competições européias. Nesta temporada da Europa League: 3 jogos, 2 empates, 1 vitória do visitante, 16 cartões amarelos)
Assistentes: Tomaš Somolani (Eslováquia) e Branislav Hancko (Eslováquia)
Assistentes Adicionais: Peter Kralović (Eslováquia) e Filip Glova (Eslováquia)
4º Árbitro: Jan Pozor (Eslováquia)
Delegado da UEFA: Ronald Zimmermann (Alemanha)
Observador da UEFA: Alfredo Trentalange (Itália)

 

Time do rennes

Rennes tem mais de 215 mil habitantes e fica a uma distância aproximada de 400 km de Londres. Stade Rennais FC foi fundado no dia 10 de março de 1901. Roazhon Park foi inaugurado no dia 15 de setembro de 1912, mas sofreu várias reformas. A última aconteceu em 2004. O estádio tem capacidade para 29.778 espectadores. Stade Rennais FC é dirigido por Julien Stéphan, de 38 anos de idade. Ele dirigiu a equipe B de Rennes entre 2015 e 2018 e no final do ano passado assumiu o comando do Stade Rennais FC quando Sabri Lamouchi foi demitido. É a primeira vez que Julien Stéphan dirige a equipe na UEFA Europa League. Rennes é uma equipe jovem e talentosa, como jogadores como Ismaila Sarr e Hatem Ben Arfa. Stade Rennais FC tem jogado bem e todo cuidado é pouco pra não sermos surpreendidos. Rennes avançou a Semifinal da Coupe de France, derrotando Orléans no dia 27/2/2019. Vai enfrentar o Lyon na Semifinal.

A equipe francesa ocupa a 10ª colocação atualmente na Ligue 1 com 37 pontos (10 vitórias, 7 empates, 9 derrotas, 35 gols marcados e 34 gols sofridos). A torcida do Stade Rennais FC é muito apaixonada e costuma lotar o Roazhon Park. Os ingressos pra este jogo se esgotaram rapidamente. O atacante senegalês Ismaila Sarr é o artilheiro da equipe e líder em assistências. Ele esteve envolvido em 5 gols marcados pelo Rennes na Europa League (3 gols e 2 assistências). Hamari Traore está suspenso. O atacante Theoson Siebatcheu (coxa), o defensor Romain Danzé (joelho), o goleiro Abdoulaye Diallo (coxa) e o defensor Ludovic Baal (hamstring) estão contundidos. Time provável:Tomás Koubek; Mehdi Zeffane, Damien da Silva, Mexer e Ramy Bensebaini; Ismaila Saar, Benjamin André, Clément Grenier e M’Baye Niang; Hatem Ben Arfa e Adrien Hunou.

 

Time do Arsenal

Unai Emery tem 47 anos e foi contratado pelo Arsenal em maio de 2018. Antes, ele dirigiu o Paris Saint-Germain por 2 anos (conquistando 7 títulos domésticos). Ele tem um excelente histórico na UEFA Champions League. Ele conquistou 3 títulos da Europa League pelo Sevilla (2013 a 2016) e é o treinador com mais jogos como técnico na Europa League (75), totalizando 125 jogos por competições européias. O goleiro Petr Cech jogou pelo Rennes entre 2002 e 2004. Alexandre Lacazette está cumprindo suspensão após ter sido expulso no jogo de ida contra o BATE Borisov. Stephan Lichtsteiner e Mohamed Elneny não viajaram. Rob Holding, Danny Welbeck e Hector Bellerin estão contundidos e não viajaram pra França. Os jogadores que embarcaram pra Rennes: Petr Cech, Bernd Leno, Ainsley Maitland-Niles, Laurent Koscielny, Sokratis Papastathopoulos, Shkodran Mustafi, Nacho Monreal, Aaron Ramsey, Sead Kolasinac, Lucas Torreira, Matteo Guendouzi, Granit Xhaka, Denis Suarez, Henrikh Mikhitaryan, Mesut Özil, Alex Iwobi, Pierre-Emerick Aubameyang e Eddie Nketiah.

Time provável: 

 

 

Arsenal vai enfrentar Rennes nas Oitavas de Final da Europa League

 

Hoje (22/02/2019), de manhã, a UEFA realizou o sorteio dos confrontos das Oitavas de Final da Europa League. Arsenal enfrentará a equipe francesa, Stade Rennais FC, também conhecido como Rennes. O jogo de ida será no dia 7 de março de 2019, no Emirates Stadium. O jogo de volta, no Estádio Roazhon Park, os Gunners enfrentarão os Vermelhos e Pretos no dia 14 de março de 2019. Roazhon Park tem capacidade pra 31.778 espectadores. Stade Rennais FC foi fundado em 1901 e seus títulos mais importantes foram duas Copas da França (1964-65 e 1970-71) e a Supercopa da França (1971). Rennes foi campeão da 2ª Divisão Francesa em 1955-56 e 1982-83. É a segunda vez que Rennes está disputando a UEFA Europa League e a primeira vez que avançam pras Oitavas de Final da competição.

O atacante brasileiro Luís Fabiano já jogou pelo Rennes em 2000 e 2002. O goleiro Petr Cech já defendeu o Stade Rennais FC entre 2002 e 2004, disputando 78 partidas pela equipe francesa. Outros dois jogadores conhecidos da torcida do Arsenal também já vestiram as cores vermelha e preta do Rennes. Mikaël Silvestre iniciou sua carreira no Stade Rennais, onde jogou de 1996 a 1998, totalizando 54 jogos. Sylvain Wiltord também iniciou sua carreira no Rennes, onde disputou 134 partidas entre 1992 e 1997, marcando 34 gols. Wiltord voltou a jogar pelo Rennes entre 2007 e 2009, marcando 8 gols em 41 partidas. Stade Rennais entrou na Fase de Grupos da Europa League, como o Arsenal e terminou em segundo lugar no Grupo K com 3 vitórias e 3 derrotas, avançando pela primeira vez pra Fase Eliminatória. Nas 16 Avos de Final, os Vermelhos e Pretos venceram o Real Betis por 6 a 4, no agregado. Empatou em 3 a 3, em Rennes. E derrotaram o Betis por 3 a 1, em Sevilla.

Pré-Jogo: 21/02/2019 > UEFA Europa League > Arsenal x BATE Borisov

 

Nesta quinta-feira (21/02/2019), às 14h55 (Hora de Brasília), Arsenal enfrentará BATE Borisov, no Emirates Stadium, pelo jogo de vota da Fase Dezesseis Avos de Final da UEFA Europa League. Depois da derrota desapontante no jogo de volta, que acabou com a invencibilidade da equipe na competição, os Gunners precisam da vitória em casa por dois gols de diferença. Unai Emery deve ter dado uma chacoalhada na equipe pra que acordem e comecem a jogar. Uma eliminação nessa altura da UEFA Europa League seria um golpe tremendo nos planos do Arsenal e poderia abalar muito a confiança do time. Os Gunners não podem mais desperdiçar tantas chances como desperdiçaram principalmente no primeiro tempo do jogo de ida. Agora não vai ter a desculpa do gramado. Emirates Stadium tem um dos melhores gramados da Europa. A equipe de Belarus vai vir pra Londres com o regulamento debaixo do braço, tentando conseguir um empate ou até uma derrota por diferença de um gol, com eles marcando pelo menos um gol.

Arsenal já enfrentou o BATE Borisov pela Fase de Grupos da UEFA Europa League na temporada 2017/18. Os Gunners venceram por 4 a 2, no Borisov-Arena, no dia 28/09/2017. Theo Walcott marcou 2 gols e Rob Holding e Oliveir Giroud marcaram os outros dois gols. No dia 7/12/2017, Arsenal goleou o BATE Borisov por 6 a 0, no Emirates Stadium. Mathieu Debuchy, Theo Walcott, Jack Wilshere, Olivier Giroud e Mohamed Elneny fizeram os gols do Arsenal. Dzianis Polyakov fez o gol contra. BATE Borisov é a única equipe da Belarus que o Arsenal enfrentou em sua história. Arsenal não é a primeira equipe inglesa que BATE Borisov já enfrentou. A equipe da Belarus já enfrentou o Everton pela Fase de Grupos da UEFA Europa League de 2009/10. Foi derrotado por 2 a 1, em casa. Em Liverpool, BATE Borisov perdeu para o Everton por 1 a 0. Também enfrentou o Chelsea em 2018, pela Fase de Grupos da UEFA Europa League. Perdeu em casa por 1 a 0 e em Londres, por 3 a 0.

Atualmente, Arsenal ocupa a 5ª colocação com 50 pontos ganhos (15 vitórias, 5 empates e 6 derrotas) na Premier League. BATE Borisov sagrou-se campeão da Premier League da Belarus no dia 2/12/2018 com 73 pontos ganhos e um saldo de gols de 31 (23 vitórias, 5 empates e 3 derrotas). Foi o 13º título nacional consecutivo do BATE Borisov (2006 a 2018). A equipe já conquistou 15 títulos da Liga de Belarus. BATE Borisov empatou com Torpedo BelAZ  em 2 a 2. Iniciou a partida perdendo por 2 a 0. Maksim Skavysh e Mkhail Gordeychuk marcaram os gols do BATE Borisov. Arsenal tem 13 títulos nacionais, 13 Copas da Inglaterra, 15 Supercopas da Inglaterra, 2 Copas da Liga, 1 UEFA Cup Winners’ Cup e 1 Inter-Cities Fairs Cup. BATE Borisov tem 15 títulos nacionais, 3 Copas da Belarus e 7 Supercopas da Belarus.

BATE Borisov voltou à disputar a UEFA Europa League após ser eliminado da UEFA Champions League antes da Fase de Grupos. BATE Borisov bateu Helsinki, pela 2ª Pré-Eliminatória da Champions League, ao vencer no agregado por 2 a 1. Na 3ª Pré-Eliminatória, venceu Qarabag por 2 a 1, no agregado. Nos Playoffs, BATE Borisov foi eliminado pelo PSV Eindhoven ao ser derrotado no agregado por 6 a 2. BATE Borisov participou pela 4ª vez da Fase de Grupos da UEFA Europa League. Conquistou apenas 3 pontos nos 4 primeiros jogos. Porém, venceram os dois últimos jogos e se classificaram pra Fase Dezesseis Avos de Final, assim como ocorreu na temporada de 2010/11, na segunda colocação no Grupo. BATE Borisov venceu Videoton (Hungria) por 2 a 0, tanto em casa e fora de casa. E venceu o PAOK por 3 a 1, fora de casa.

BATE Borisov está disputando pela 3ª vez a Fase Dezesseis Avos de Final da UEFA Europa League. Esta é a primeira vez nos últimos 6 anos. A equipe de Belarus ainda não conseguiu avançar pras Oitavas de Final da UEFA Europa League. Na temporada de 2010/11, empatou os dois jogos com Paris Saint-Germain (2 a 2 no agregado), mas foi eliminado por causa dos gols fora de casa. Dois anos depois, foi eliminado pelo Fenerbache por 1 a 0, no agregado. BATE Borisov não marcou gol nos últimos 3 jogos da 16 Avos de Final. Nas temporadas de 2009/10 e 2017/18, BATE Borisov não passou da Fase de Grupos. Jogando em casa, BATE Borisov tem 6 vitórias, 5 empates e 7 derrotas. Sua última vitória em casa, foi pela 5ª Rodada da Fase de Grupos (2 a 0 em cima do Videoton, da Hungria), no dia 29/11/2018.

Arsenal terminou em 6º lugar na última temporada, sua pior colocação sob o comando de Arsène Wenger. Dessa forma, os Gunners estão participando pela segunda vez consecutiva da UEFA Europa League. Arsenal participou por 19 temporadas consecutivas da UEFA Champions League (a última vez na temporada de 2016/17). Na temporada de 2017/18, chegou à Semifinal da UEFA Europa League, sendo eliminado pelo Atlético Madrid. Nesta temporada, estrearam com uma vitória em casa por 4 a 2 contra o Vorskla Poltava. Depois venceram mais 4 jogos e empataram 1 jogo, sem sofrer gols. Seu único empate foi com Sporting Clube de Portugal em 0 a 0. Venceram os dois jogos contra o Qarabag (3 a 0 e 1 a 0), o jogo fora de casa contra o Sporting Club de Portugal (3 a 1) e outro fora de casa contra o Vorskla Poltava (3 a 0). Dessa forma, Arsenal terminou sua campanha invicta em 1º lugar no Grupo E com 16 pontos ganhos (5 vitórias, 1 empate, 12 gols marcados e apenas 1 gol sofrido). Arsenal e Sporting Clube de Portugal classificaram-se pra Fase Dezesseis Avos de Final da Europa League.

Fase de Grupos – Grupo E

Europa League 2018/19 - Grupo E

PosClubPtsPWDLFAGDForma
116651012210
W W D W W
21053111037
W W L D W
335104410-6
L L W L L
436105213-11
L L W L L

Na temporada passada, os Gunners enfrentaram o estreante  Östersund (Suécia) e venceram por 4 a 2, no agregado. Venceu por 3 a 0 o jogo de ida, fora de casa. Na volta, perdeu por 2 a 1, no Emirates Stadium. Foi a primeira vez em oito anos que os Gunners venceram um confronto de mata-mata, na primavera, após sete eliminações consecutivas nas Oitavas de Final da UEFA Champions League nos sete anos anteriores. Arsenal não perdeu em casa na Fase de Grupos da UEFA Europa League nesta temporada. Foram 3 jogos, 2 vitórias e 1 empate. Contando a temporada passada e a atual, a campanha do Arsenal em casa é a seguinte: 6 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 23 gols marcados e 8 gols sofridos. A única derrota do Arsenal foi pro Östersunds FK (Suécia)

 

histórico de confrontos

Jogos: 3
Vitórias do Arsenal: 2
Empates: 0
Vitórias do BATE Borisov: 1
Gols do Arsenal: 10
Gols do BATE Borisov: 3
Primeiro Jogo: 28/9/2017 – UEFA Europa League – BATE Borisov 2×4 Arsenal
Jogos na UEFA Europa League: 3 jogos (2 vitórias do Arsenal, 1 vitória do BATE Borisov, 10 gols do Arsenal e 3 gols do BATE Borisov)
Primeiro Jogo: 28/9/2017 – BATE Borisov 2×4 Arsenal
Último Jogo: 14/2/2019 – BATE Borisov 1×0 Arsenal
Jogo em casa: 7/12/2017 – Arsenal 6×0 BATE Borisov

 

Na TV

 

O jogo será transmitido pelo canal Fox Sports.

 

Arbitragem

Árbitro: Alberto Undiano Mallenco (Espanha) (45 anos de idade, árbitro desde 1988, FIFA desde 2004, 21 jogos da Europa League, 101 jogos apitados de competições européias. Ele apitou na Copa do Mundo de 2010. Nesta temporada da Europa League, Undiano Mallenco apitou PAOK 0x1 Chesea (3 cartões amarelos pro PAOK e 2 cartões amarelos pro Chelsea)
Assistentes: Raúl Cabanero (Espanha) e Iñigo Prieto López De Cerain  (Espanha)
Assistentes Adicionais: Xavier Estrada Fernandez (Espanha) e José Luis Munuera Montero (Espanha)
4º Árbitro: Diego Barbero Sevilla (Espanha)
Delegado da UEFA: Thórir Hákonarson (Islândia)
Observador da UEFA: Nuno Castro (Portugal)

 

Time do BATE Borisov

Borisov fica a uma distância de pouco mais de 1.900 km de Londres. Borisov-Arena foi inaugurada há três anos atrás e tem a capacidade para 13.126 espectadores. BATE Borisov é dirigido por Aleksei Baga, de 38 anos de idade. Ele está no clube desde junho de 2018, no lugar de Oleg Dulub, depois de uma longa passagem de Aleksandr Yermakovich. Ele foi assistente de Yermakovich entre 2011 e 2018. Baga dirigiu a equipe de Belarus em 3 jogos da UEFA Champions League e 6 jogos da UEFA Europa League. Aleksei Baga foi jogador do BATE Borisov entre 1998 e 2006, vencendo 2 títulos da Liga em 2002 e 2006, além de 1 Copa de Belarus. Ele encerrou a carreira em 2010 pelo Dinamo Brest. Aleksandr Hleb foi jogador do BATE Borisov entre 1999 e 2000. Depois voltou a atuar na equipe de Belarus nos anos de 2012, 2013, 2015 e 2016. Ele foi jogador do Arsenal no período de 2005 a 2008. Em 2016, Aleksandr Hleb participou da Final da UEFA Champions League, jogando pelo Arsenal. BATE Borisov não vai ter desfalques pra este jogo.

BATE Borisov vem muito bem na competição. Venceu 3 dos últimos 3 jogos que disputou pela UEFA Europa League. A equipe tinha vencido apenas 2 dos 16 jogos disputados antes dessa excelente sequência (5 empates e 9 derrotas). poderá ter dois desfalques para este jogo. Nas última quatro vezes que equipes de Belarus visitaram a Inglaterra, perderam três vezes. BATE Borisov conseguiu uma vitória contra o Everton em dezembro de 2009. Slobodan Simovic e Bojan Dubajic são dúvidas pra esta partida. BATE Borisov vai jogar de uniforme amarelo. A equipe perdeu os três últimos confrontos em casa contra equipes inglesas. O Meio-campista Igor Stasevich deu mais assistências que qualquer outro jogador na Fase de Grupos da UEFA Europa League. Ele deu 7 assistências. Maksim Skavysh é o artilheiro da equipe na UEFA Europa League com 11 gols. Provável time: Denis Scherbitski; Aleksei Rios, Zakhar Volkov, Yegor Filipenko e Aleksandr Filipovic; Dmitri Baga, Stanislav Dragun e Aleksandr Hleb; Nemanja Milic, Maksim Skavysh e Igor Stasevich.

 

Time do Arsenal

Unai Emery tem 47 anos e foi contratado pelo Arsenal em maio de 2018. Antes, ele dirigiu o Paris Saint-Germain por 2 anos (conquistando 7 títulos domésticos). Ele tem um excelente histórico na UEFA Champions League. Ele conquistou 3 títulos da Europa League pelo Sevilla (2013 a 2016) e é o treinador com mais jogos como técnico na Europa League (73), totalizando 123 gols por competições européias. Será a segunda vez que os Gunners enfrentarão o BATE Borisov no Emirates Stadium. No dia 7/12/2017, enfrentamos pela primeira vez a equipe de Belarus, em Londres, e vencemos por 6 a 0, na Fase de Grupos da UEFA Europa League. Mathieu Debuchy, Theo Walcott, Jack Wilshere, Mohamed Elneny e Olivier Giroud balançaram as redes do BATE Borisov. Dzianis Polyakov fez gol contra.

Arsenal não fica sem marcar gols em dois jogos de um confronto eliminatório de uma competição européia desde 1995, quando perdeu a Super Copa da Europa. No jogo de ida, no dia 1/2/1995, em Londres, empatou em 0 a 0 com Milan. No dia 8/2/1995, perdeu por 2 a 0, em Milão. Dessa forma, foi derrotado por 2 a 0, no agregado. Arsenal terá alguns desfalques pra este jogo. Alexandre Lacazette foi expulso no jogo de ida e cumprirá suspensão. Hector Bellerin (joelho), Rob Holding (joelho) e Danny Welbeck (tornozelo) estão contundidos. Aaron Ramsey (joelho) e Sokratis Papastathopoulos (tornozelo) estavam contundidos, mas já estão recuperados e deverão jogar. Ainsley Maitland-Niles está doente e é dúvida pra esta partida. A situação de Mesut Özil continua a mesma. Emery falou à respeito: Emery sobre Özil: “A chave está em suas mãos e ele está trabalhando muito bem esta semana. Eu sei que ele quer [jogar], mas ele precisa ser consistente nos treinos e nos jogos, sem se machucar ou ficar doente. Sem isso nós poderemos ver o melhor Mesut conosco.”

Time provável: 

 

Relatório do Jogo: UEFA Europa League > BATE Borisov 1×0 Arsenal

 

Na quinta-feira (14/02/2019), Arsenal perdeu pro BATE Borisov por 1 a 0, pelo jogo de ida das Dezesseis Avos de Final da UEFA Europa League. O jogo foi disputado na Borisov-Arena. Foi a primeira derrota do Arsenal na competição, que tinha terminado em primeiro lugar no Grupo E com 16 pontos ganhos (5 vitórias e 1 empate). Com essa derrota, os Gunners precisam vencer o jogo de volta por diferença de dois gols no Emirates Stadium. Outra vitória por 1 a 0 leva a partida pra prorrogação/pênaltis. Se o Arsenal vencer por diferença de um gol, mas o BATE Borisov marcar um gol, os Gunners estarão eliminados. Tivemos algumas mudanças na equipe. Petr Cech foi o goleiro titular, como tem sido nos jogos da UEFA Europa League. Granit Xhaka voltou ao time titular no lugar de Lucas Torreira. Laurent Koscielny foi o capitão da equipe. Unai Emery utilizou o esquema com 3 zagueiros, 4 no meio de campo, 2 meias avançados e Alexandre Lacazette no comando de ataque.

 

o jogo

Aos dois minutos de jogo, Arsenal criou uma grande oportunidade de gol. Alex Iwobi deu uma grande passe pra Sead Kolasinac que cruzou na pequena área. Henrikh Mkhitaryan se esticou todo e tocou na bola, mas o goleiro Denis Scherbitski fez uma grande defesa. Três minutos depois foi a vez de Mkhitaryan levantar a bola na área e Laurent Koscielny escorou de cabeça, mas a bola foi pra fora. Aos 12 minutos, Alex Iwobi teve oportunidade de abrir o marcador, mas perdeu o domínio da bola. Logo em seguida, Nemanja Milic chutou forte e Petr Cech defendeu. Aos 22 minutos, Kolasinac cruzou a bola na área e Alexandre Lacazette cabeceou por cima do travessão. Minutos depois, Igor Stasevich cruzou a bola com perigo na área dos Gunners. Faltando 4 minutos pro intervalo, Shkodran Mustafi cruzou a bola e Sead Kolasinac chutou de primeira, de canhota, pra fora. No último minuto do primeiro tempo, Igor Stasevich cobrou uma falta do lado esquerdo da grande área. A bola foi na cabeça de Stanislau Dragun, que mandou colocado no fundo das redes, fazendo o gol da vitória do FC BATE Borisov.

No segundo tempo, logo aos 10 minutos, Alex Iwobi tocou a bola pra Sead Kolasinac na esquerda, que cruzou a bola na medida pra Alexandre Lacazette. O atacante do Arsenal mandou a bola pro fundo das redes, mas o gol foi anulado porque Lacazette estava em posição de impedimento. O gramado da Borisov-Arena estava muito ruim e irregular. Stasevich mandou um chute de fora da área aos 15 minutos que Petr Cech teve muita dificuldade em defender o chute. Aos 37 minutos, Sead Kolasinac chutou cruzado, mas a bola passou longe do gol. Talvez muito irritado com a anulação do seu gol, Lacazette fez uma besteira. Aos 40 minutos, numa disputa de bola, acabou dando uma cotovelada em Aleksandr Filipovic, um lance claro de expulsão. O árbitro não teve dúvida e lhe deu cartão vermelho. Com um a menos, ficou mais difícil pros Gunners empatarem o jogo. Ficou complicado, mas Arsenal tem todas as chances de se classificar pras Oitavas de Final com uma vitória no Emirates Stadium.

 

arbitragem

Árbitro: Srdjan Jovanović (Sérvia)
Assistentes: Uroš Stojković (Sérvia) e Milan Mihajlović (Sérvia)
Assistentes Adicionais: Lazar Lukić (Sérvia) e Zoran Sirok (Sérvia)
4º Árbitro: Dragan Bogičević (Sérvia)
Delegado da UEFA: Milovan Djukanović (Macedônia)
Observador da UEFA: Frank De Bleeckere (Bélgica)

 

Estatísticas

Posse de Bola: 23,4% – 76,6%
Finalizações: 6 – 16
Finalizações no Alvo: 3 – 4
Finalizações para Fora: 1 – 7
Finalizações Bloqueadas: 2 – 5
Toques na Bola: 406 – 90
Passes: 197 – 675
Passes Completos: 121 – 588
Passes Chaves: 4 – 13
Lançamentos: 0 – 1
Passes Longos: 51 – 52
Passes Curtos: 657 – 297
Eficiência nos Passes:61% – 87%
Duelos Aéreos Vencidos: 16 – 19
Eficiência nos Duelos Aéreos: 46% – 54%
Cruzamentos: 20 – 13
Desarmes: 23 – 16
Eficiência nos Desarmes: 68% – 76%
Dribles Tentados: 10 – 20
Dribles Corretos: 5 – 11
Eficiência nos Dribles: 50% – 55%
Bolas Afastadas: 43 – 17
Interceptações: 23 – 8
Bolas Recuperadas: 30 – 30
Escanteios: 3 – 12
Impedimentos: 4 – 2
Cartões Amarelos: 3 – 1
Cartões Vermelhos: 0 – 1
Faltas Cometidas: 10 – 8
Público: 12.527 espectadores

 

próximo jogo

Arsenal votará a enfrentar o BATE Borisov no dia 21/02/2019, às 14h55, no Emirates Stadium, pelo jogo de volta da Fase Dezesseis Avos de Final da UEFA Europa League.

 

Relatório do Jogo

x

Detalhes

Data Tempo Liga Temporada
14 de fevereiro de 2019 15:55 Europa League - Dezesseis Avos de Final 2018-19

Ground

Borisov-Arena
vulica Haharyna 119, Barysaŭ 222520, Bielorrússia

Resultados

Club1st Half2nd HalfGoals
BATE Borisov101
Arsenal000

BATE Borisov

48Denis Scherbitsk Goleiro
17Aleksei Rios Lateral
23Zakhar Volkov Zagueiro
21Egor Filipenko Zagueiro
4Aleksandar Filipovic Lateral 86'
8Stanislav Dragun Meio-campista 45'
87'
11Aleksandr Hleb 7 Meio-campista
25Dmitri Baga Meio-campista
22Igor Stasevich Atacante 45'
26Nemanja Milic 9 Atacante
15Maksim Skavysh 94 Atacante
7Evgeni Berezkin 11 Meio-campista
9Bojan Dubajić 26 Atacante 71'
94Hervaine Moukam 15 Meio-campista
27Slobodan Simović Meio-campista
5Evgeni Yablonski Meio-campista
35Anton Chichkan Goleiro
97Dmitriy Bessmertny Zagueiro

Técnico: Alexey Baga

Arsenal

1Petr Cech Goleiro
20Shkodran Mustafi Zagueiro
6Laurent Koscielny Zagueiro
18Nacho Monreal Zagueiro
15Ainsley Maitland-Niles 14 Meio-campista
29Mattéo Guendouzi Meio-campista
34Granit Xhaka 11 Meio-campista 9'
31Sead Kolasinac 22 Meio-campista
7Henrikh Mkhitaryan Atacante
17Alex Iwobi Atacante
9Alexandre Lacazette Atacante 85'
11Lucas Torreira 34 Meio-campista
14Pierre-Emerick Aubameyang 15 Atacante
22Denis Suárez 31 Meio-campista
4Mohamed Elneny Meio-campista
12Stephan Lichtsteiner Lateral
19Bernd Leno Goleiro
49Edward Nketiah Atacante

Técnico: Unai Emery

 

 

Pré-Jogo: 14/02/2019 > UEFA Europa League > BATE Borisov x Arsenal

 

Nesta quinta-feira (14/02/2019), às 15h55 (Hora de Brasília), Arsenal enfrentará BATE Borisov, no Emirates Stadium, pelo jogo de ida da Fase Dezesseis Avos de Final da UEFA Europa League. Arsenal já enfrentou o BATE Borisov pela Fase de Grupos da UEFA Europa League na temporada 2017/18. Os Gunners venceram por 4 a 2, no Borisov-Arena, no dia 28/09/2017. Theo Walcott marcou 2 gols e Rob Holding e Oliveir Giroud marcaram os outros dois gols. No dia 7/12/2017, Arsenal goleou o BATE Borisov por 6 a 0, no Emirates Stadium. Mathieu Debuchy, Theo Walcott, Jack Wilshere, Olivier Giroud e Mohamed Elneny fizeram os gols do Arsenal. Dzianis Polyakov fez o gol contra. BATE Borisov é a única equipe da Belarus que o Arsenal enfrentou em sua história. Arsenal não é a primeira equipe inglesa que BATE Borisov já enfrentou. A equipe da Belarus já enfrentou o Everton pela Fase de Grupos da UEFA Europa League de 2009/10. Foi derrotado por 2 a 1, em casa. Em Liverpool, BATE Borisov perdeu para o Everton por 1 a 0. Também enfrentou o Chelsea em 2018, pela Fase de Grupos da UEFA Europa League. Perdeu em casa por 1 a 0 e em Londres, por 3 a 0.

Atualmente, Arsenal ocupa a 5ª colocação com 50 pontos ganhos (15 vitórias, 5 empates e 6 derrotas) na Premier League. BATE Borisov sagrou-se campeão da Premier League da Belarus no dia 2/12/2018 com 73 pontos ganhos e um saldo de gols de 31 (23 vitórias, 5 empates e 3 derrotas). Foi o 13º título nacional consecutivo do BATE Borisov (2006 a 2018). A equipe já conquistou 15 títulos da Liga de Belarus. BATE Borisov empatou com Torpedo BelAZ  em 2 a 2. Iniciou a partida perdendo por 2 a 0. Maksim Skavysh e Mkhail Gordeychuk marcaram os gols do BATE Borisov. Arsenal tem 13 títulos nacionais, 13 Copas da Inglaterra, 15 Supercopas da Inglaterra, 2 Copas da Liga, 1 UEFA Cup Winners’ Cup e 1 Inter-Cities Fairs Cup. BATE Borisov tem 15 títulos nacionais, 3 Copas da Belarus e 7 Supercopas da Belarus.

BATE Borisov voltou à disputar a UEFA Europa League após ser eliminado da UEFA Champions League antes da Fase de Grupos. BATE Borisov bateu Helsinki, pela 2ª Pré-Eliminatória da Champions League, ao vencer no agregado por 2 a 1. Na 3ª Pré-Eliminatória, venceu Qarabag por 2 a 1, no agregado. Nos Playoffs, BATE Borisov foi eliminado pelo PSV Eindhoven ao ser derrotado no agregado por 6 a 2. BATE Borisov participou pela 4ª vez da Fase de Grupos da UEFA Europa League. Conquistou apenas 3 pontos nos 4 primeiros jogos. Porém, venceram os dois últimos jogos e se classificaram pra Fase Dezesseis Avos de Final, assim como ocorreu na temporada de 2010/11, na segunda colocação no Grupo. BATE Borisov venceu Videoton (Hungria) por 2 a 0, tanto em casa e fora de casa. E venceu o PAOK por 3 a 1, fora de casa.

BATE Borisov disputará pela 3ª vez a Fase Dezesseis Avos de Final da UEFA Europa League. Será a primeira vez nos últimos 6 anos. A equipe de Belarus ainda não conseguiu avançar pras Oitavas de Final da UEFA Europa League. Na temporada de 2010/11, empatou os dois jogos com Paris Saint-Germain (2 a 2 no agregado), mas foi eliminado por causa dos gols fora de casa. Dois anos depois, foi eliminado pelo Fenerbache por 1 a 0, no agregado. BATE Borisov não marcou gol nos últimos 3 jogos da 16 Avos de Final. Nas temporadas de 2009/10 e 2017/18, BATE Borisov não passou da Fase de Grupos. Jogando em casa, BATE Borisov tem 6 vitórias, 5 empates e 7 derrotas. Sua última vitória em casa, foi pela 5ª Rodada da Fase de Grupos (2 a 0 em cima do Videoton, da Hungria), no dia 29/11/2018.

Arsenal terminou em 6º lugar na última temporada, sua pior colocação sob o comando de Arsène Wenger. Dessa forma, os Gunners estão participando pela segunda vez consecutiva da UEFA Europa League. Arsenal participou por 19 temporadas consecutivas da UEFA Champions League (a última vez na temporada de 2016/17). Na temporada de 2017/18, chegou à Semifinal da UEFA Europa League, sendo eliminado pelo Atlético Madrid. Nesta temporada, estrearam com uma vitória em casa por 4 a 2 contra o Vorskla Poltava. Depois venceram mais 4 jogos e empataram 1 jogo, sem sofrer gols. Seu único empate foi com Sporting Clube de Portugal em 0 a 0. Venceram os dois jogos contra o Qarabag (3 a 0 e 1 a 0), o jogo fora de casa contra o Sporting Club de Portugal (3 a 1) e outro fora de casa contra o Vorskla Poltava (3 a 0). Dessa forma, Arsenal terminou sua campanha invicta em 1º lugar no Grupo E com 16 pontos ganhos (5 vitórias, 1 empate, 12 gols marcados e apenas 1 gol sofrido). Arsenal e Sporting Clube de Portugal classificaram-se pra Fase Dezesseis Avos de Final da Europa League.

Fase de Grupos – Grupo E

Europa League 2018/19 - Grupo E

PosClubPtsPWDLFAGDForma
116651012210
W W D W W
21053111037
W W L D W
335104410-6
L L W L L
436105213-11
L L W L L

Na temporada passada, os Gunners enfrentaram o estreante  Östersund (Suécia) e venceram por 4 a 2, no agregado. Venceu por 3 a 0 o jogo de ida, fora de casa. Na volta, perdeu por 2 a 1, no Emirates Stadium. Foi a primeira vez em oito anos que os Gunners venceram um confronto de mata-mata, na primavera, após sete eliminações consecutivas nas Oitavas de Final da UEFA Champions League nos sete anos anteriores. Arsenal venceu os três jogos disputados fora de casa na Fase de Grupos da UEFA Europa League nesta temporada. Contando a temporada passada e a atual, a campanha do Arsenal fora de casa é a seguinte: 7 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 19 gols marcados e 6 gols sofridos. Arsenal não sofreu gols nos últimos cinco jogos pela UEFA Europa League.

 

Na TV

 

O jogo será transmitido pelo canal Fox Sports.

 

Arbitragem

Árbitro: Srdjan Jovanović (Sérvia) (32 anos de idade, árbitro desde 1991, FIFA desde 2015, 12 jogos da Europa League, 32 jogos apitados de competições européias. Nesta temporada da Europa League: 3 jogos, 2 empates, 1 vitória do visitante, 16 cartões amarelos)
Assistentes: Uroš Stojković (Sérvia) e Milan Mihajlović (Sérvia)
Assistentes Adicionais: Lazar Lukić (Sérvia) e Zoran Sirok (Sérvia)
4º Árbitro: Dragan Bogičević (Sérvia)
Delegado da UEFA: Milovan Djukanović (Macedônia)
Observador da UEFA: Frank De Bleeckere (Bélgica)

 

Time do BATE Borisov

Borisov fica a uma distância de pouco mais de 1.900 km de Londres. Borisov-Arena foi inaugurada há três anos atrás e tem a capacidade para 13.126 espectadores. BATE Borisov é dirigido por Aleksei Baga, de 38 anos de idade. Ele está no clube desde junho de 2018, no lugar de Oleg Dulub, depois de uma longa passagem de Aleksandr Yermakovich. Ele foi assistente de Yermakovich entre 2011 e 2018. Baga dirigiu a equipe de Belarus em 3 jogos da UEFA Champions League e 6 jogos da UEFA Europa League. Aleksei Baga foi jogador do BATE Borisov entre 1998 e 2006, vencendo 2 títulos da Liga em 2002 e 2006, além de 1 Copa de Belarus. Ele encerrou a carreira em 2010 pelo Dinamo Brest. Aleksandr Hleb foi jogador do BATE Borisov entre 1999 e 2000. Depois voltou a atuar na equipe de Belarus nos anos de 2012, 2013, 2015 e 2016. Ele foi jogador do Arsenal no período de 2005 a 2008. Em 2016, Aleksandr Hleb participou da Final da UEFA Champions League, jogando pelo Arsenal.

BATE Borisov poderá ter dois desfalques para este jogo. Slobodan Simovic e Bojan Dubajic são dúvidas pra esta partida. BATE Borisov vai jogar de uniforme amarelo. A equipe perdeu os três últimos confrontos em casa contra equipes inglesas. O Meio-campista Igor Stasevich deu mais assistências que qualquer outro jogador na Fase de Grupos da UEFA Europa League. Ele deu 6 assistências. Maksim Skavysh é o artilheiro da equipe na UEFA Europa League com 11 gols. Provável time: Denis Scherbitski; Aleksei Rios, Zakhar Volkov, Yegor Filipenko e Aleksandr Filipovic; Dmitri Baga, Stanislav Dragun e Aleksandr Hleb; Nemanja Milic, Maksim Skavysh e Igor Stasevich.

 

Time do Arsenal

Unai Emery tem 47 anos e foi contratado pelo Arsenal em maio de 2018. Antes, ele dirigiu o Paris Saint-Germain por 2 anos (conquistando 7 títulos domésticos). Ele tem um excelente histórico na UEFA Champions League. Ele conquistou 3 títulos da Europa League pelo Sevilla (2013 a 2016) e é o treinador com mais jogos como técnico na Europa League (73), totalizando 123 gols por competições européias. Arsenal é uma das sete equipes invictas na UEFA Europa League. Mesut Özil não viajou. Aaron Ramsey, Rob Holding, Danny Welbeck e Hector Bellerin, todos contundidos no joelho, não viajaram também. Os jogadores que embarcaram pra Belarus: Petr Cech, Bernd Leno, Ainsley Maitland-Niles, Laurent Koscielny, Shkodran Mustafi, Stephan Lichtsteiner, Nacho Monreal, Mohamed Elneny, Sead Kolasinac, Lucas Torreira, Matteo Guendouzi, Granit Xhaka, Denis Suarez, Henrikh Mikhitaryan, Alex Iwobi, Alexandre Lacazette, Pierre-Emerick Aubameyang e Eddie Nketiah.

Time confirmado: 

 

 

RETROSPECTIVA 2018 – PARTE III: INVENCIBILIDADE E QUEDA DE RENDIMENTO DO ARSENAL

 

Somando os prós e os contras, o saldo desse meio de temporada do Arsenal Football Club foi positivo. Foi até acima das expectativas. Após uma mudança no comando da equipe, o fim da Era Wenger e o início da Era Unai Emery, tudo indicava que o clube teria dificuldades nesse início de temporada, era a coisa mais natural do mundo. Porém, Unai Emery está fazendo um excelente trabalho e já está conseguindo implantar sua filosofia de jogo com apenas 6 meses de trabalho. É claro que ainda faltam peças pra reforçar a equipe e os Gunners ainda são muito afligidos por desfalques de jogadores em razão de contusões, o que atrapalha muito a evolução da equipe. Vamos fazer um breve resumo do que foi esse meio de temporada da equipe principal do Arsenal.

Fonte: Stuart MacFarlane/Arsenal FC via Getty Images

invencibilidade de 13 jogos na premier league e não saímos da 5ª colocação

O começo do Arsenal na Premier League foi ruim, mas a tabela dos Gunners era complicada no início, além de ser o pontapé inicial de um novo trabalho sob o comando de Unai Emery, com alguns jogadores chegando à equipe. No primeiro jogo, enfrentou o campeão da temporada passada, Manchester City, e perdeu por 2 a 0, em casa. No segundo jogo, perde pro Chelsea em Stamford Bridge. Dessa vez, jogou melhor. Conseguiu empatar o jogo quando perdia por 2 a 0, mas sofreu o gol da derrota nos minutos finais do jogo. Em seguida, a partir do 25 de agosto de 2018, Arsenal emendou uma sequência de vitórias que deixou o torcedor empolgado. Venceu equipes de médio porte como West Ham United, Newcastle United, Cardiff City, Everton, Fulham, Watford e Leicester City. Foram 7 vitórias seguidas, que culminou com a vitória em cima do Leicester City no dia 22/10/2018, no Emirates Stadium. Entretanto, depois dessa série de vitórias, os Gunners empataram 3 jogos seguidos (Crystal Palace, Liverpool e Wolverhampton Wanderers). Venceu Bornemouth e conquistou uma vitória no North London Derby contra o rival Tottenham Hotspur, no Emirates Stadium. Começou bem o último mês do ano, vencendo Manchester United no Old Trafford. Depois, venceu Huddersfield Town pelo placar mínimo. Foram 14 jogos de invencibilidade na Premier League. Arsenal completou 22 jogos de invencibilidade, contando todas as competições, sua maior marca desde 2007, quando ficou 28 jogos sem perder. Porém, a partir do dia 16 de dezembro de 2018, a coisa desandou e houve queda de rendimento do Arsenal com uma série de jogadores se contundindo e o técnico Unai Emery tomando algumas decisões equivocadas. Entre 16/12/2018 e 29/12/2018, Arsenal só conseguiu vencer uma partida contra o Burnley, contando todas as competições. Foram 3 derrotas (Southampton, Tottenham Hotspur e Liverpool) e um empate com Brighton & Hove Albion.

 

resumo do que foi esta metade de temporada do arsenal com destaque pra nova comissão técnica, os reforços e o trabalho até aqui do novo comandante

 

Fonte: https://www.express.co.uk/sport/football/1062279/Arsenal-transfer-news-Lucas-Torreira-Unai-Emery

Na temporada 2018-19 tivemos não só uma mudança técnica, que tirou do comando depois de 22 anos o maior técnico da história do clube, como também grande parte daqueles que compunham o seu staff por tantos anos. O clube mudou desde sua parte médica até scout, só Emery que veio para assumir o comando técnico trouxe inúmeros nomes, como: o seu assistente principal (Juan Carlos Carcedo); treinador da equipe principal (Pablo Villanueva); treinador de força e condicionamento (Julen Masach); treinador de goleiros (Javi Garcia); e um analista de vídeos (Victor Manas). Além de outras mudanças como Chris Morgan (Fisioterapeuta), Paulo Barreira (Fisioterapeuta), Jordan Reece (Fisioterapeuta), Tim Parham (Coordenador de Reabilitação) e inúmeras mais, como scouts em todo o mundo e funções menores dentro do clube, somos praticamente outro clube.

Essa foi a parte técnica por trás do clube, dentro de campo também tivemos mudanças, e não foram poucas, apesar de não tão badaladas. Emery junto a Sven, Raul e (ainda) Gazidis, trabalharam na pré-temporada e trouxeram 5 nomes, que vou elencar para vocês:

  • Stephan Lichtsteiner: o suíço de 34 anos veio da Juventus de forma gratuita e chegou para ser um tapa buraco na defesa, sendo o step de Bellerín e as vezes talvez um terceiro homem na zaga. É de longe o nome mais conhecido deles e até mais vangloriado, com muitos declarando que Héctor estava com os dias contados, que poderia tirar um cascalho do FCB. Mas dentre os que recém chegaram, é também o que mais decepcionou. Com a disponibilidade de Bellerín e nomes para a zaga, ele havia feito poucas aparições na temporada e em competições menos importantes, como EFL, e depois EL, e feito digamos que bem o seu papel, mesmo ainda pesado e fora do ritmo. Mas quando a zaga começou a se despedaçar em lesões e Bellerín sentiu, Lich não conseguiu suprir a altura, e além de fracas aparições, proporcionou falhas fatais. Participando de 6 jogos só no mês que passou, ele não cumpriu o que era esperado.
  • Sokratis Papastathopoulos: o grego que na verdade foi o primeiro a ser confirmado, poucos dias antes de Lich, veio do BVB por £16/17m e também era visto como uma solução a curto prazo, até o clube se acertar e voltar a investir melhor nas próximas janelas, pois não era um garoto, e estava chegando ao clube já na casa dos 30. Mas atrás de Torreira e junto a Leno, ele tem sido um dos principais nomes do atual elenco, um dos poucos a atuar bem. Para destacar melhor, até um dia antes do jogo vs. LFC, Papa tinha a maior taxa de vitórias de um Gunner nesta temporada da Premier League, com 66,67%, 8 vitórias em 12 jogos. Jogador de grande liderança e personalidade forte, tem tudo para ser o novo xerife da zaga por pelo menos alguns anos.
  • Matteo Guendouzi: Francês e com apenas 19 anos, o que o clube estava pesando? AW renasce? Sim, era estranho, mas ainda tínhamos um jovem francês chegando na janela. Meia habilidoso, ele tem um ótimo passe, movimentação, bom desarme e principalmente lucidez, além da aparência desengonçada de David Luiz. Matteo (que custou £8m vindo do Lorient) surpreendeu, e logo na pré-temporada. O achado de Sven dominou os jogos que antecederam a nova temporada e passou de uma peça suspeita a animadora. Todos queriam vê-lo na nova temporada, até porque o meio do clube era o setor mais decepcionante por anos. E o jovem meia surpreendeu mais uma vez, quando não só começou como titular na temporada ao lado de Xhaka, como se segurou na titularidade pelos jogos seguintes, fazendo aparições até de destaque, mesmo nas duas derrotas iniciais. E foi peça de tremenda importância até a constituição da dupla Xhaka-Torreira, que na maior parte levou a equipe a uma ótima sequência invicta. Recentemente, Matteo voltou a titularidade e fez uma boa partida vs Fulham, acertando desarmes, bolas longas e principalmente duelos ganhos. É obviamente um jogador com algumas falhas e pontos a serem corrigidos, mas surpreende por ser apenas um garoto e ter maturidade e tranquilidade para mostrar o seu talento na maior liga do mundo. Tem tudo para ser um WC e um dos grandes nomes da nova geração francesa.
  • Bernd Leno: GK alemão de 26 anos, era junto a Sokratis e Lich um dos nomes mais conhecidos chegando na janela, e talvez um dos mais esperado, depois do fiasco defensivo e das falhas de GKs que tivemos na temporada anterior. Leno chegou para assumir o gol e ninguém esperava outra coisa, a não ser um preparado e mais motivado Cech, que iniciou a temporada com tudo, fazendo partidas incríveis e alguns milagres. Fora algumas partidas na EFL e EL, Leno só estreou na PL lá na 7º rodada, e entrou no meio do fogo, substituindo a infeliz lesão de Cech. Pegou de cara um jogo complicado vs Watford, e também iniciou a temporada com milagres, fazendo uma ótima partida. E até o presente momento, é o dono da posição, proporcionando poucas falhas e não dando muita margem para o veterano. Promete muito com a camisa do clube, e deve proteger a baliza Gunner por pelo menos mais meia década.
  • Lucas Torreira: Chegamos finalmente ao dono do nosso meio e também dos nossos corações. O jovem meia uruguaio de 22 anos fechou a janela Gunner e chegou por (parcelados) £30m da Sampdoria. Dando o seu cartão de visitas já durante a copa, Torreira demorou alguns jogos para chegar a titularidade (pois havia iniciado a temporada após os outros e para Emery precisou conquistar o seu espaço, isso mesmo entrando e já mudando a cara da equipe em todos os jogos), mas já é visto como a solução de um meio que vinha sofrendo por quase uma década, desde a saída do ídolo Gilberto Silva. O jovem motorzinho, que trouxe toda a mística e raça uruguaia, é um talento incontestável e talvez não só uma das surpresas da temporada, como um dos destaques gerais da liga. Conquistou 4 MOTM em pouco menos de meia temporada, e teve incríveis 14 jogos seguidos com média acima de 7,0 por suas últimas performances. Torreira é um oásis em meio ao deserto da reformulação. É peça-chave para o clube voltar ao que já foi, um dos postulantes a todos os títulos!

Por fim destacaremos o condutor deste Trem Bala fora dos trilhos:

  • Unai Emery: Nome longe de unanimidades, Emery chegou ao Arsenal após conquistar quase tudo no PSG, liga nacional e todas as copas, mas ainda saiu de lá com um ar de trabalho não concluído, pois não trouxe o principal objetivo do clube, que ainda hoje é a UCL, e também não soube controlar os desejos de Neymar e cia, que claramente comandam o clube do sheik. Mas antes de chegar ao time francês, Emery havia feitos trabalhos sublimes, e deixado boas impressões em todos os clubes por onde passou, levando alguns deles a primeira divisão após muitos anos, outros as ligas europeias e também conquistando incríveis 3 títulos seguidos da EL com o Sevilla, E apesar de ter algumas estrelas, no Arsenal ele não teve um jogador comandando o clube. E como apenas head coach (deixando contratações, contratos e mercado para Sven e Raul), pode iniciar o trabalho da sua maneira, perdendo os dois jogos iniciais da PL para Man City (2-0) e CFC (3-2), mas logo após isso conquistando 12 vitórias seguidas e ficando 23 jogos também seguidos sem perder. E com isso tendo números, mesmo que despercebidos por alguns, melhores que Mourinho (13/14 e 16/17), Pochettino, Klopp e Guardiola em suas primeiras 16 rodadas na PL, que foi o período infelizmente exato onde ele começou a ser acometido por lesões, e onde perdeu toda a defesa, chegando a ter 4 zagueiros no DM. Pode não estar proporcionando o melhor futebol da liga, e também errando em algumas decisões nas últimas rodadas, mas o seu bom início não pode ser apagado. Além desses números impressionantes, Emery conseguiu recuperar nomes que até a temporada passada eram odiados pelos torcedores. Recuperou Bellerín (que no momento faz muita falta); Iwobi (que teve um incrível começo de temporada, sendo importante em muitas partidas e que está voltando nas últimas); Welbeck (que até a sua grave lesão estava suprindo com muita maestria nas copas, marcando muitos gols), Holding (que também até a sua lesão estava em ótima fase, sendo o dono da posição e deixando o clube sem defesa após sua baixa); e talvez o mais odiado e errôneo, Xhaka (que junto a Torreira cresceu de forma absurda, e teve tremenda importância na ótima sequência, tendo números ótimos, em alguns pontos até superiores ao uruguaio), além de Mustafi que vinha errando menos e outros. Quer dizer, se o torcedor parar para pensar e deixar apenas de atacar, ele irá perceber que Emery tem feito muito com um elenco inferior aos rivais e também bastante curto, tem feito muito além do que esperávamos de uma primeira temporada, atualmente em 5º e a 3 pts do 4º colocado, além de 3 do 6º e 10 do 7º. Então apenas DEIXEM ELE TRABALHAR. Teremos sim ainda algumas quedas e também erraremos no longo caminho que nos espera, mas precisamos de sequência e de algumas janelas. Todos os grandes precisaram!

 

destaques positivos e negativos

Dentre os destaques positivos, temos os jogadores do Arsenal que mais se envolveram nos gols dos Gunners nesta temporada: Aubameyang 19 (16G+3A); Lacazette: 15 (9G+6A); Ramsey: 9 (3G+6A); Iwobi: 8 (2G+6A); e Mkhitaryan: 7 (3G+4A). Pierre-Emerick Aubameyang faz uma temporada sensacional e tem tudo pra ser o artilheiro da Premier League. Lidera a tabela de artilheiros com 14 gols. Ele forma um dupla explosiva com Alexandre Lacazette. Essa parceria já rendeu muitos gols pros Gunners. Não podemos também destacar a importância de Aaron Ramsey, que vem muitas vezes começando os jogos no banco de reservas, mas quando entra em campo, contribui bastante pro resultado positivo dos Gunners. Por fim, Lucas Torreira caiu nas graças do torcedor por seu espírito combativo e por ser um jogador muito talentoso, que vai dar muitas alegrias aos gooners.

#
14
Nome
Pierre-Emerick Aubameyang
Nacionalidade
gab Gabão
Posição
Atacante
Height
1,87 m
Weight
80 kg
Time Atual
Arsenal
Nascimento
18 de junho de 1989
Idade
29

Amistoso

TemporadaClubGolsAssistsCartões amarelosCartões vermelhosAppearancesOwn Goals
2017-18Arsenal000000
2018-19Arsenal100010
Total-100010

Europa League

TemporadaClubGolsAssistsCartões amarelosCartões vermelhosAppearancesOwn Goals
2017-18Arsenal000000
2018-19Arsenal411050
Total-411050

FA Cup

TemporadaClubGolsAssistsCartões amarelosCartões vermelhosAppearancesOwn Goals
2017-18Arsenal000000
2018-19Arsenal100010
Total-100010

International Champions Cup

TemporadaClubGolsAssistsCartões amarelosCartões vermelhosAppearancesOwn Goals
2017-18Arsenal000000
2018-19Arsenal010030
Total-010030

Premier League

TemporadaClubGolsAssistsCartões amarelosCartões vermelhosAppearancesOwn Goals
2017-18Arsenal10400130
2018-19Arsenal17400290
Total-27800420

Total da Carreira

TemporadaGolsAssistsCartões amarelosCartões vermelhosAppearancesOwn Goals
2017-1810400140
2018-1923610410
Total331010550

Com relação aos destaques negativos, saliento o mau desempenho defensivo do Arsenal. Houve muitas falhas de defensores como Stephan Lichtsteiner, Laurent Koscielny e Ainsle Maitland-Niles. Mesut Özil teve lampejos em alguns jogos, mas de modo geral foi uma grande decepção e as críticas em relação ao futebol do camisa 10 do Arsenal foram muitas. Entre os destaques negativos, podemos mencionar também a eliminação do Arsenal na EFL Carabao Cup (Copa da Liga). Os Gunners entraram na 3ª Fase. Enfrentaram Brentford e Danny Welbeck fizeram 2 gols na vitória por 3 a 1. Alexandre Lacazette fez o outro gol. Nas Oitavas de Final, Arsenal enfrentou Blackpool, equipe da 3ª Divisão, e venceu novamente, no mesmo Estádio (Emirates Stadium) por 2 a 1. Stephan Lichtsteiner e o jovem Emile Smith Rowe marcaram os gols dos Gunners. Nas Quartas de Final, Arsenal novamente jogou em casa e perdeu o North London Derby pro Tottenham Hotspur por 2 a 0. Son Heung-Min e Dele Alli fizeram os gols dos Spurs.

 

as novas contratações

O Arsenal contratou 5 jogadores para fortalecer seu plantel em 2018-19. Vamos falar um pouco sobre o desempenho de cada um deles nessa primeira metade de temporada:

Leno → Começou como reserva, mas logo conquistou a posição de titular após lesão de Čech. Empilhou boas atuações e apareceu bem em diversos momentos, embora ainda precise se aprimorar em alguns aspectos como saída do gol. No mais, é bem seguro debaixo das traves e mostra incríveis reflexos.

Lichststeiner → Veio para ser reserva de Bellerín, mas foi além disso. Atuou improvisado como zagueiro em algumas oportunidades, porém ainda não convenceu o torcedor de que é uma opção segura, apesar da experiência. Não foi tão bem em alguns jogos e lembro de poucos momentos em que foi bem. Precisa melhorar para o resto do ano, é um jogador importante a nível de elenco.

Sokratis → Não precisou de muito para mostrar que é nossa melhor opção do setor hoje. Fez várias atuaões seguras e parece ter recuperado sua confiança dos bons tempos de Borussia, que não vinha se repetindo na reta final pelo clube alemão. Ficou no banco em alguns jogos para dar sequência à Holding, que acabou lesionado. Seria ideal que tivesse um companheiro mais seguro que Mustafi. No geral, achei positivo até aqui.

Torreira → Um dos melhores do time até o momento, se não o melhor. Emery deixou no banco nas primeiras rodadas por questões hierárquicas, mas o uruguaio mostrou que é um dos donos do meio-campo. Muita intensidade, vontade, trabalho defensivo ótimo e ainda marcou 2 gols em jogos importantes que nos asseguraram vitórias. Tem tudo para seguir nesse ritmo e ser um dos pilares do time não apenas agora, mas por vários anos.

Guendouzi → Foi o reforço menos badalado e chegou de maneira discreta. Logo em agosto, foi eleito o melhor jogador do mês e empolgou a torcida. Tem muito potencial e vem sendo bastante utilizado por Emery, mas ainda precisa se aprimorar em alguns aspectos, o que deve acontecer naturalmente. Personalidade e muito talento.

 

necessidade de reforços

Na primeira metade da temporada, notou-se claros pontos fracos em relação ao elenco. Algumas posições ainda são carentes, e muitas vezes o caminho que temos que recorrer é a improvisação de jogadores, o que não acho legal se tornar uma rotina. Em meio à essa situação, digo que as maiores carências do time, hoje, são: Zagueiros e pontas. Algumas posições como a lateral esquerda e meio-campo também parecem precisar de reforços, mas ao meu ver a necessidade não é tão alta no momento quanto às duas citadas primeiramente. Na lateral esquerda temos duas boas opções: Kolasinac e Monreal. O primeiro vem ganhando cada vez mais espaço entre os titulares e justificando isso com boas atuações, já o espanhol é um velho conhecido da torcida e sempre me agradou vê-lo atuar por se apresentar bem tanto na fase defensiva quanto ofensiva. O principal problema desta posição é a regularidade física. Ambos sofrem com lesões com uma certa frequência, e isso compromete em alguns momentos. Monreal também está em final de contrato, e aos 32 anos já podemos começar a monitorar o mercado. Portanto, acredito que é uma posição que devems olhar com atenção, mas não vejo como uma grande necessidade para esta janela. Quanto ao meio-campo, há quem diga que precisaremos de um substituto para Ramsey, que nas mãos de Emery se tornou um meia. Considerando que, para volantes, já contamos com Torreira, Xhaka, Guendouzi, Elneny e Niles, também não vejo emergência. Já para a meia, contamos com Özil, Mkhitaryan e Iwobi (sim, ele é meia de ofício). Traduzindo, temos 8 opções para um setor que geralmente utiliza 4 atletas. Digo o mesmo que foi dito quanto à lateral esquerda: Podemos monitorar o mercado e ficar atentos à oportunidades, mas também não existe essa urgência. Então, vamos falar sobre a zaga e as pontas, necessidades reais do atual elenco.

Zaga: Sokratis, Koscielny, Mustafi e Holding. Atualmente contamos com esses 4 zagueiros de ofício no elenco. Ter perdido Holding para o resto da temporada devido à lesão foi um verdadeiro desastre, pois vinha em uma crescente e se mostrando útil ao time. Koscielny também já não é a opção confiável que já foi um dia. Caminhando para os 34 anos, sabemos que o histórico de lesões do francês é considerável, o que compromete seu desempenho técnico e físico, além de ter voltado de mais uma grave lesão recentemente. Mustafi teria tudo para se firmar entre os 11 iniciais, mas continua sendo inconstante. Oscila entre bons e maus momentos e até hoje não convenceu 100%. Sokratis é o melhor zagueiro do atual plantel. Contratado para esta temporada, o zagueiro se tornou uma figura certa no time titular e vai bem na maioria dos jogos. Considerando esse cenário, digo: Precisamos de um zagueiro para chegar e vestir a camisa. Um companheiro para Sokratis, eu diria. Listei algumas opções que eu acredito que podem valer a consulta.

  • Miranda: O zagueiro brasileiro da Inter de Milão já está com 34 anos, é verdade, mas chegaria pronto para amenizar um problema real do Arsenal de imediato. Acredito que oferecer um contrato não muito longo (1 temporada e meia) pode ser útil e ser titular enquanto buscamos outras peças para utilizar em um prazo maior. A Inter fala em algo em torno dos €10m para liberá-lo. → Vida: O zagueiro croata que deixou boa impressão na Copa do Mundo da Rússia chegou a ser especulado no Emirates, mas o negócio não avançou. Atua no Besiktas, clube turco que vive crise financeira e tem perdido jogadores devido a isso, o que pode facilitar a transferência do jogador para outro clube. 29 anos.
  • Godín: O capitão do Atlético de Madrid segue com a situação indefinida. Ainda sem renovar o contrato, o nome do uruguaio parece ventilar no mercado. 32 anos e pronto para assumir a zaga da maioria dos clubes europeus.
  • Benatia: O marroquino parece ter cada vez menos espaço na Juventus, que está interessada em Ramsey. Será que envolver os dois no negócio não pode ser vantajoso para ambos? Aos 31 anos, o experiente zagueiro já demonstrou qualidade pelo clube italiano e seria uma opção interessante em vista do que temos hoje.

Pontas: Acredite se quiser, mas o Arsenal não possui pontas. O que mais se assemelha em características é Iwobi, que originalmente é um meia e tem quebrado um galho pelos lados do campo na maioria de suas oportunidades. Aubameyang também atuou aberto em várias oportunidades, mas é um definidor nato e precisa jogar mais próximo ao gol. Mesmo com boa velocidade, Auba não é um quebrador de linhas e driblador nato. No entanto, é uma posição que geralmente exige um investimento mais alto, então é necessário mapear bem o mercado. Vamos às sugestões.

  • David Neres: O jovem brasileiro do Ajax vem tendo boas atuações pelo clube holandês e pede passagem em um clube que possa colocá-lo em maior evidência. É verdade que o Ajax está nas oitavas da Champions e o Arsenal na Europa League, mas ao longo da temporada a visibilidade da Premier League é incontestavelmente maior. 21 anos, rápido, talentoso e brasileiro. Perfil que agrada bastante que vos escreve.
  • Lozano: Mais um do futebol holandês, o mexicano de 23 anos também chama atenção. Ganhou ainda mais evidência na Copa do Mundo e é um dos destaques do tradicional PSV. Fala-se em uma proposta do Chelsea na casa das £36m, será que o Arsenal teria força para competir? Seria um jogador bem útil no lado vermelho de Londres.
  • Pavón: O argentino do Boca Juniors não terminou 2018 como começou. Caiu de produção e passou a ser contestado pela maioria que já viu potencial no jogador algum dia. O fato é que ainda é jovem e prestes a completar 23 anos ainda tende a evoluir. Atua pelos 2 lados, mas precisa recuperar confiança.

 

resultados

Arsenal 2018-19

DataMatchHorário/Resultado

 

LISTA DE ARTILHEIROS

Artilharia Arsenal 2018-19

RankJogadorPosiçãoGols
1gabPierre-Emerick AubameyangAtacante23
2fraAlexandre LacazetteAtacante17
3engTyreece John-JulesAtacante12
4engJoseph WillockMeio-campista11
5engBukayo SakaMeio-campista10

 

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DA PREMIER LEAGUE

Premier League 2018-19

PosClubPtsPWDLFAGDForma
174302424792158
W W W W W
273302271681751
W D W D W
361302019573225
W L L D L
460301866633924
W W W D W
558301776584018
W D W W L
657291766503119
W L W W D
744301281038362
D D L W D
84330127114244-2
W W L W L
93930116133743-6
D W L W L
103830115143842-4
L L W L W
113730107134142-1
L L W D L
123730114154154-13
L D L L W
13343097142938-9
D W W L W
14333096153641-5
D W L W L
15332996143242-10
D L L W W
16303079143450-16
L L W L W
17303086163457-23
W W L L L
18283084182757-30
W L L L W
19173045212868-40
L L L L L
20143035221553-38
L L W L L

 

Nota de agradecimento: agradeço a contribuição do amigo Gabriel Viana @gabrielviannad, do perfil @_gunnersbr, editor-chefe do site sobreojogo.wordpress.com e redator no site HTE Sports (http://htesports.com.br/author/gabriel-vianna/). Ele foi responsável pelo texto referente às novas contratações dos Gunners e à necessidade de reforços. Outra valiosa contribuição foi do amigo Lima do perfil @brasilgooner  no texto referente ao resumo do que foi esta metade de temporada do Arsenal com destaque pra nova comissão técnica, os reforços e o trabalho até aqui do novo comandante.

Sorteio dos Confrontos da Fase 16 Avos de Final da Europa League

 

Nesta segunda-feira (10/12/2018), houve o sorteio dos confrontos da Fase 16 avos de final da UEFA Europa League. Arsenal enfrentará a equipe do BATE Borisov, da Bielorrússia. O primeiro jogo deverá ser no dia 14/02/2019, às 14h55 (Hora de Brasília), no Borisov-Arena, na Bielorrúsia. O jogo de volta será no dia 21/02/2018, às 14h55 (Hora de Brasília), no Emirates Stadium. BATE Borisov não é um clube desconhecido pro torcedor dos Gunners. Arsenal já enfrentou a equipe bielorrussa na Fase de Grupos da UEFA Europa League 2017/18. Os Gunners venceram por 4 a 2, na Bielorrúsia, e por 6 a 0, no Emirates Stadium.

BATE Borisov foi fundado em 1973. O clube está sediado na cidade de Borisov. O Estádio Borisov-Arena tem capacidade para 13.126 espectadores. Tem 15 títulos nacionais (conquistou 12 títulos seguidos), 3 Copas da Bielorrússia e 7 Supercopas da Bielorrússia. O meio-campista do BATE Borisov Alexander Hleb é um velho conhecido da torcida dos Gunners. Ele jogou no Arsenal entre 2005 e 2008.

Relatório do Jogo: UEFA Europa League > Arsenal 1×0 Qarabag

 

Na quinta-feira (13/12/2018), Arsenal venceu Qarabag por 1 a 0, pela 6ª e última rodada da Fase de Grupos da UEFA Europa League. O jogo foi disputado Emirates Stadium. Foi a quinta vitória do Arsenal na competição, que já tinha garantido a classificação pra fase seguinte por antecipação e confirmou a primeira colocação no Grupo E. Com essa vitória, também praticamente garantiu a 1ª colocação no Grupo E. Arsenal terminou a Fase de Grupos com 16 pontos. Sporting Clube Portugal terminou em segundo lugar com 13 pontos e também se classificou pra Fase Dezesseis Avos de Final da UEFA Europa League. O sorteio dos confrontos das Dezesseis Avos de Final será na segunda-feira (14/12/2018). Os 2 primeiros colocados dos 12 grupos da UEFA Europa League (24 times) se juntarão aos 8 times que terminaram em 3º lugar na Fase de Grupos da UEFA Champions League. As 32 equipes serão divididas em dois grupos no sorteio. Arsenal estará no Grupo I ao lado dos outros 11 vencedores dos Grupos da Europa League e juntamente com os 4 melhores 3º colocados dos Grupos da UEFA Champions League. Os demais ficaram no Grupo II. O sorteio será feito de modo que os times do Grupo I (entre eles o Arsenal) enfrentem os times do Grupo II. Como não poderá enfrentar Sporting Clube Portugal, os possíveis adversários do Arsenal são: FC Zurich, Celtic, Slavia Praga, Fenerbahce, BATE Borisov, Olympiacos, Rapid Vienna, Lazio, Malmo, Krasnodar, Stade Rennais, Club Brugge, Galatasaray, Shakhtar Donetsk e Viktoria Plzen. Unai Emery poupou os titulares e escalou somente jogadores reservas e das divisões de base nessa partida. Alguns jovens jogadores tiveram sua primeira oportunidade de ser relacionados pra um jogo da equipe principal do Arsenal na UEFA Europa League como o zagueiro Zech Medley e o meia/atacante Bukayo Saka.  Joseph Willock, Bukayo Saka e Eddie Nketiah foram titulares. Zech Medley começou no banco de reservas e entrou no segundo tempo. O goleiro Deyan Iliev e o atacante Tyreece John-Jules ficaram no banco de reservas, mas não foram utilizados.

 

o jogo

O garoto Bukayo Saka não se intimidou na sua estréia e, aos 9 minutos, recebeu a bola na entrada da área e mandou um chute forte de pé esquerdo. O goleiro brasileiro Vagner fez uma grande defesa, se esticando todo pra espalmar a bola pra escanteio. Aos 16 minutos, Arsenal conseguiu ganhar a bola no campo de ataque próximo a grande área. Eddie Nketiah pressionou o jogador do Qarabag e Mesut Özil recuperou a bola, dando um bom passe pra Alexandre Lacazette, dentro da área. O francês dominou e. mesmo marcado de perto por Badavi Hüseynov, bateu de pé direito, desviando a bola do goleiro. A bola foi no canto direito, 1 a 0 pro Arsenal. Dois minutos depois, Maksim Medvedev apareceu com perigo na área, mas Sokratis conseguiu cortar a bola há tempo. Aos 37 minutos, Mesut Özil cobrou escanteio e Eddie Nketiah cabeceou por cima do travessão.

Com 4 minutos do segundo tempo, Carl Jenkinson chegou na área e finalizou duas vezes, ambas finalizações foram bloqueadas. Aos 20 minutos da segunda etapa, Ainsley Maitland-Niles fez bonita jogada pela direita, driblando vários jogadores até cruzar na área. A bola passou por Mohamed Elneny e Bukayo Saka emendou de primeira, de pé direito, próximo à pequena área. A bola passou raspando a trave.Quatro minutos depois, o jovem Saka arriscou um chute de fora da área, mas o chute saiu fraco, nas mãos do goleiro Vagner. Aos 31 minutos, Eddie Nketiah puxou o contra-ataque e tocou pra Joe Willock na entrada da área. Este abriu a jogada pra Bukayo Saka no flanco esquerdo. Saka dribou o jogador do Qarabag e cruzou a bola. Eddie Nketiah cabeceou de peixinho e a bola foi pro fundo das redes. Porém, a arbitragem marcou impedimento e anulou o gol de Nketiah, uma pena! Faltando 1 minuto pro fim do jogo, outro ataque em velocidade com a garotada do Arsenal, Nketiah, Willock e Saka. Dentro da área, Bukayo Saka ficou cara a cara com o goleiro e poderia ter feito seu gol, mas chuto em cima de Vagner, que defendeu parcialmente. A defesa do Qarabag aliviou o perigo. A bola bateu no rosto de Vagner, que ficou desacordado por um tempo.

 

arbitragem

Árbitro: Jens Maae (Dinamarca)
Assistentes: Lars Hummelgaard (Dinamarca) e Heine Sørensen (Dinamarca)
Assistentes Adicionais: Jørgen Burchardt (Dinamarca) e Morten Krogh (Dinamarca)
4º Árbitro: Jesper Dahl (Dinamarca)
Delegado da UEFA: Styrbjörn Oskarsson (Finlândia)
Observador da UEFA: Stavros Tritsonis (Grécia)

 

Estatísticas

Posse de Bola: 66,8% – 33,2%
Finalizações: 11 – 1
Finalizações no Alvo: 4 – 0
Finalizações para Fora: 4 – 1
Finalizações Bloqueadas: 3 – 0
Toques na Bola: 887 – 516
Passes: 703 – 348
Passes Completos: 633 – 268
Passes Chaves: 9 – 1
Lançamentos: 0 – 1
Passes Longos: 51 – 52
Passes Curtos: 657 – 297
Eficiência nos Passes: 90% – 77%
Duelos Aéreos Vencidos: 7 – 7
Eficiência nos Duelos Aéreos: 50% – 50%
Cruzamentos: 20 – 13
Desarmes: 21 – 19
Eficiência nos Desarmes: 84% – 48%
Dribles Tentados: 31 – 10
Dribles Corretos: 21 – 4
Eficiência nos Dribles: 68% – 40%
Bolas Afastadas: 8 – 15
Interceptações: 9 – 20
Bolas Recuperadas: 9 – 15
Escanteios: 10 – 4
Impedimentos: 2 – 1
Cartões Amarelos: 0 – 1
Cartões Vermelhos: 0 – 0
Faltas Cometidas: 11 – 10

 

próximo jogo

Arsenal voltará sua atenção pra Premier League no domingo (16/12/2018), às 11h30 (Horário de Brasília), no St. Mary’s Stadium. Os Gunners enfrentarão Southampton.

 

Relatório do Jogo

Resultados

Club1st Half2nd HalfGoals
Arsenal101
Qarabag000

Detalhes

Data Tempo Liga Temporada
13 de dezembro de 2018 18:00 Europa League - Grupo E 2018-19

Arsenal

4Mohamed Elneny Meio-campista
5Sokratis Papastathopoulos Zagueiro
6Laurent Koscielny 18 Zagueiro
9Alexandre Lacazette 47 Atacante 16'
10Mesut Ozil 43 Meio-campista 16'
15Ainsley Maitland-Niles Lateral
25Carl Jenkinson Lateral
26Emiliano Martínez Goleiro
49Edward Nketiah Atacante
59Joseph Willock Meio-campista
87Bukayo Saka Meio-campista
18Nacho Monreal 6 Lateral
43Charlie Gilmour 10 Meio-campista
47Zech Medley 9 Zagueiro
7Henrikh Mkhitaryan Meio-campista
29Mattéo Guendouzi Meio-campista
72Tyreece John-Jules Atacante
44Deyan Iliev Goleiro

Técnico: Unai Emery

Qarabag

13Vagner Goleiro
5Maksim Medvedev Lateral
55Badavi Hüseynov Zagueiro
52Jakub Rzeźniczak 19 Zagueiro
14Rashad F. Sadygov Zagueiro
77Donald Guerrier Lateral
2Gara Garayev Meio-campista 82'
6Simeon Slavchev Meio-campista
8Míchel 9 Meio-campista
11Mahir Madatov Atacante
17Abdellah Zoubir Atacante
9Araz Abdullayev 8 Meio-campista
19Filip Ozobic 52 Meio-campista
10Dani Quintana Meio-campista
4Rahil Mammadov Zagueiro
25Ansi Agolli Lateral
91Coşqun Diniyev Meio-campista
12Shakhrudin Magomedaliyev Goleiro

 

Classificação

Europa League 2018/19 - Grupo E

PosClubPtsPWDLFAGDForma
116651012210
W W D W W
21053111037
W W L D W
335104410-6
L L W L L
436105213-11
L L W L L